Eduardo Paes culpa Comitê Rio 2016 por falhas na Vila Olímpica

O prefeito do Rio, Eduardo Paes, admitiu hoje (27) que houve falha do Comitê Rio 2016 na vistoria das condições de infraestrutura da Vila Olímpica, também chamada de Vila dos Atletas, na Barra da Tijuca, zona oeste do Rio, para entrega dos imóveis. Os problemas causaram reclamações de delegações, em especial da Austrália, que transferiu alguns integrantes para um hotel próximo.

Embora tenha afirmado que as falhas foram reconhecidas de imediato pelos organizadores dos jogos, Paes acrescentou que a prova de que os problemas surgiram nos últimos três meses, após a vila ser entregue, é que eles estão sendo resolvidos em cinco ou seis dias.

Cristina Indio do Brasil/Agência Brasil
Cristina Indio do Brasil/Agência Brasil

“O que se teve ali foi realmente uma falha no acompanhamento, uma falha de gestão do comitê organizador, que tem um timaço e imediatamente está dando resposta a elas. A prefeitura está ajudando [a resolver]. Praticamente, todos os problemas estão corrigidos”, afirmou o prefeito durante a inauguração do Rio Media Center, na Cidade Nova, região central do Rio.

De acordo com Paes, alguns desafios ainda serão enfrentados nos próximos dias, mas a delegação da Austrália já está instalada na vila. “Tenho certeza de que ali será uma experiência fantástica para todos os atletas que nos visitam. É uma vila incrível. Enfim, serve de alerta para que o problema não se repita e que a gente faça checagem e rechecagem de tudo que ali existe.”

O prefeito afirmou que, apesar dos problemas de infraestrutura [tubulações entupidas, vazamentos de água, cheiro de gás e falta de limpeza], sob o ponto de vista da estrutura a vila de 31 prédios para hospedagem dos atletas é considerada, inclusive pelo presidente do Comitê Olímpico Internacional (COI), Thomas Bach, como a melhor na história das Olimpíadas.

Sobre a segurança no período dos Jogos Rio 2016, o prefeito destacou que, nesse momento, a cidade tem uma quantidade imensa de agentes das forças federais de segurança. “Diria que a cidade do Rio é certamente um dos lugares mais seguros do mundo neste momento. Não acho que os turistas têm de ter preocupação”, concluiu o prefeito.

Agência Brasil

Comentários

comentários