Eduardo Baptista é demitido e Cuca é o favorito para assumir o Verdão

Gazeta Esportiva /JN

Eduardo Baptista não é mais técnico do Palmeiras. Em reunião na Academia de Futebol na noite desta quinta-feira, o diretor executivo Alexandre Mattos e o presidente Maurício Galiotte definiram a saída do treinador. Para o cargo, Cuca é o favorito.

Eduardo Baptista é demitido do Palmeiras (Foto: Gazeta Press)

O Palmeiras desembarcou no aeroporto de Guarulhos no início da noite desta quinta-feira, após a derrota por 3 a 2 contra o Jorge Wilstermann. Como informado pela assessoria de imprensa do clube, nenhum membro da diretoria ou comissão técnica falou com a imprensa.

Logo em seguida ao desembarque, Alexandre Mattos e Mauricio Galiotte foram para uma reunião na Academia de Futebol para decidir o futuro do treinador. A pressão sob o técnico se tornou insuportável dentro do clube pela eliminação do Campeonato Paulista, em especial pela derrota por 3 a 0 contra a Ponte Preta, além do revés contra o Jorge Wilstermann.

A demissão acontece em uma pausa que o Palmeiras terá sem jogos. A próxima partida do Verdão será apenas no dia 14 de maio (contra o Vasco, na estreia do Campeonato Brasileiro), o que daria tempo para que o novo comandante treinasse a equipe.

No total, Eduardo Baptista comandou o Palmeiras em 23 partidas, sendo 14 vitórias, quatro empates e cinco derrotas. Nesta sexta-feira, o presidente Maurício Galiotte concederá entrevista coletiva para explicar a opção do clube na demissão do treinador.

Com Eduardo Baptista demitido, a tendência é que o Palmeiras promova o retorno de Cuca, campeão brasileiro pelo clube em 2016. O ex-treinador optou por não continuar no Alviverde na virada do ano por querer tirar férias com a família. Nos bastidores, dizem que o técnico já está disposto a voltar a trabalhar.

Apesar do resultado negativo em Cochabamba, o Palmeiras está próximo da classificação à próxima fase do torneio continental. Com dez pontos somados, o Verdão é o líder do Grupo 5 e fará a última partida da fase de grupos em casa, contra o Atlético Tucumán, no estádio Palestra Itália, no próximo dia 24, às 21h45 (de Brasília). A equipe comandada por Eduardo Baptista pode até perder por um gol de diferença que garante o avanço às oitavas de final.

Confira a nota oficial divulgada pelo clube:

Após reunião realizada na noite desta quinta-feira (04), o Palmeiras oficializou a saída do técnico Eduardo Baptista. No Verdão desde dezembro de 2016, o profissional deixa o time palestrino depois de comandar a equipe no Campeonato Paulista e no início da Conmebol Libertadores Bridgestone.

No total, Eduardo Baptista comandou o Palmeiras em 23 oportunidades, somando 14 vitórias, quatro empates e cinco derrotas.

A Sociedade Esportiva Palmeiras agradece os serviços prestados pelo treinador, sempre com muita dedicação e comprometimento, e deseja sucesso na sequência de sua carreira.

O elenco do Verdão se reapresentará nesta sexta (5), às 9h30, na Academia de Futebol, com acesso liberado para a imprensa. Durante a atividade, o presidente Maurício Galiotte concederá entrevista coletiva

Comentários