Edilson deixa o Corinthians e assinará com o Grêmio por três temporadas

Edilson antes de partida do Timão na Arena (Foto: Ag. Corinthians )
Edilson antes de partida do Timão na Arena (Foto: Ag. Corinthians )

Depois de alguns dias de negociações, o lateral-direito acertou nesta sexta-feira sua saída do Corinthians para defender o Grêmio a partir do Campeonato Brasileiro.

O jogador assinará contrato por três temporadas com o Tricolor Gaúcho. Ele participou do treino do Timão, nesta sexta-feira à tarde, em São Paulo, e deve viajar para Porto Alegre no fim de semana.

conversas entre os clubes e a OTB Sports, empresa que gerencia a carreira de Edilson, avançaram rapidamente nesta semana.

Edilson se mostrou disposto a aceitar a proposta pela possibilidade de atuar com mais frequência.

No Corinthians, ele vinha sendo o reserva imediato de Fagner, principal jogador alvinegro neste início de temporada.

Antes das oitavas da Libertadores, o Grêmio esteve acertado com o lateral uruguaio Zeballos, do Defensor. Mas o prazo para inscrevê-lo na competição continental emperrou a sequência do negócio. Seria um dos nomes que ainda interessam ao Tricolor, mas que por conta da reabertura da janela, apenas dia 20 de junho, fica em segundo plano.

Edilson teve uma passagem pelo Grêmio, de 2010 a 2012. Atualmente, o técnico Roger Machado usa o volante Ramiro improvisado na lateral. Wallace Oliveira, reforço para a função contratado no início do ano, não engrenou ainda e se recupera de lesão no tornozelo direito.

O lateral-direito chegou ao Corinthians no início de 2015 e sempre enfrentou a concorrência de Fagner. Chegou a assumir a vaga durante o Brasileirão do ano passado com o companheiro lesionado, mas voltou para o banco. No total, disputou 45 partidas pelo Timão e marcou apenas um gol. (Globoesporte.com)

Comentários

comentários