É penta! Internacional supera Grêmio em casa e conquista Gauchão

Com gols no início da primeira etapa, de Valdívia e Nilmar, Colorado resiste a pressão do Grêmio no fim do jogo e conquista o Campeonato Gaúcho no Beira-Rio

Artilheiro, Valdívia comemora o segundo gol do Colorado (Foto: Ricardo Rímoli/ LANCE!Press)
Porto Alegre é mais uma vez colorada! Pelo quinto ano seguido, o Internacional é campeão Gaúcho. No Beira-Rio, neste domingo, o Colorado venceu o Grêmio por 2 a 1 e garantiu sua 44ª taça do campeonato estadual. A vitória confirma a campanha incontestável no Gauchão. Nos 20 jogos disputados, foram 12 vitórias, sete empates e apenas um derrota.

É penta! Internacional supera Grêmio em casa e conquista Gauchão
É penta! Internacional supera Grêmio em casa e conquista Gauchão

O título no Beira-Rio, que recebeu sua primeira volta olímpica depois das reformas para a Copa do Mundo, teve um gostinho caseiro. O Inter entrou em campo com sete jogadores revelados na base, e os gols saíram dos pés deles: Nilmar e Valdívia. Quem descontou para o Grêmio foi Giuliano, outra cria das categorias de base colorada.

DOMÍNIO COLORADO, VANTAGEM MÍNIMA

O Grêmio não viu a cor da bola no primeiro tempo. A opção de Diego Aguirre por Valdívia, em vez do volante Nico Freitas, se mostrou acertada. O xodó colorado entrou a mil na partida e completou perfeitamente o setor ofensivo do Inter, com os também velozes Nilmar e Eduardo Sasha. Do outro lado, o Tricolor entrou na cadência de Douglas, Giuliano e Braian Rodríguez, e logo sofreu o castigo.

Na primeira jogada de velocidade, Nilmar serviu Valdívia, que invadiu a área e dividiu com dois zagueiros e com o goleiro. A bola se ofereceu para o camisa 7 que mandou para o fundo das redes, chorado: 1 a 0 para o Internacional. O Colorado diminiu um pouco o ritmo, e o Grêmio teve a chance de empatar aos 17 minutos. Giuliano cavou falta na entrada da área e Felipe Bastos meteu a bola na junção da trave com o travessão.

Como o futebol é o mais cruel dos esportes. o volante do Grêmio foi de quase herói para vilão. Na sequência da cobrança, a bola ficou para Bastos na intermediária, mas o camisa 5 recuou mal para Matias Rodríguez, que só viu Nilmar chegar na bola, aplicar um drible da vaca, e arrancar até a área. Generoso, Nilmar rolou a bola para Valdívia, que fez o segundo gol. Da mesma maneira que o futebol pode ser cruel, também pode ser injusto. Ao 47, Giuliano aproveitou rebote de Alisson em cabeçada de Rhodolfo, e diminuiu para o Grêmio, que foi para o intevalo com as esperanças renovadas.

GRÊMIO TENTA, MAS A FESTA NO BEIRA-RIO É COLORADA!

Se na primeira etapa Diego Aguirre acertou na escalação de Valdívia, errou na substituição no intervalo. Pensando na Libertadores, Nilmar foi sacado do jogo para a entrada de Lisandro López. Sem a mesma velocidade, o atacante argentino não conseguiu segurar a bola no ataque e o Grêmio, que teve Yuri Mamute no lugar de Braian Rodríguez, pressionou.

Apesar de ter mais a posse de bola no segundo o tempo, as chances do Tricolor não foram muitas. Mamute buscou as jogadas pelas laterais, mas os cruzamentos não encontraram nenhum companheiro. Os jogadores não foram capazes de marcar o gol de empate, que daria o título ao Grêmio.

Nos últimos minutos, como não poderia deixar de ser em um Gre-Nal decisivo, o clima esquentou dentro de campo. Éverton e Rodrigo Dourado trocaram empurrões. Rhodolfo deu carrinho perigoso em Eduardo Sasha e foi expulso por Leandro Vuaden, que foi bem na partida e colocou fim ao Campeonato Gaúcho aos 50 minutos segundo tempo. A festa em Porto Alegre é Colorada!

FICHA TÉCNICA INTERNACIONAL 2 X 1 GRÊMIO

Local: Estádio Beira-Rio, em Porto Alegre (RS)
Data: 03/05/2015 – 16h
Árbitro: Leandro Vuaden (Fifa/RS)
Assistentes: Rafael da Silva Alves (RS) e Marcelo Bertanha Barison (RS)
Renda/Público: Ainda não divulgados.
Cartão amarelo: Felipe Bastos (GRE), Aránguiz (INT), Ernando (INT), Valdívia (INT), Marcelo Oliveira (GRE) e Wallace (GRE).
Cartão vermelho: Rhodolfo (GRE).
GOLS: Nilmar 1-0 (7’/1ºT), Valdívia 2-0 (18’/1ºT) e Giuliano 2-1 (47’/1ºT).

INTERNACIONAL: Alisson; William, Ernando, Alan Costa e Geferson (Alan Ruschel, 35’/2ºT); Rodrigo Dourado, Aránguiz, Valdívia e D’Alessandro (Alex, 24’/2ºT); Eduardo Sasha e Nilmar (Lisandro López, Intervalo). TÉCNICO: Diego Aguirre.

GRÊMIO: Marcelo Grohe; Matias Rodríguez, Erazo, Rhodolfo e Marcelo Oliveira; Felipe Bastos (Wallace, 28’/1ºT), Maicon, Douglas (Éverton, 24’/2ºT), Giuliano e Luan; Braian Rodríguez (Yuri Mamute, Intervalo). TÉCNICO: Luiz Felipe Scolari.

LANCEPRESS!

Comentários

comentários