É gigante! Itália elimina a Espanha em reedição da final da última Euro

Duas escolas de futebol diferentes, muita rivalidade, seis títulos mundiais em campo e uma reedição da última Eurocopa. Nesta segunda-feira, pelas oitavas de final desta edição, Itália e Espanha fizeram um grande jogo, como já era esperado no Stade de France, e a Azzurra levou a melhor: vitória por 2 a 0, gols de Chiellini e Pellè, e a vaga para as quartas.

Foto: Reprodução / Twitter)
Foto: Reprodução / Twitter)

Agora, após eliminar os atuais campeões do torneio, a seleção italiana terá a Alemanha pela frente, na próxima fase. O duelo será realizado neste sábado, às 16h (de Brasília), em Bordeaux.

Apesar da proposta espanhola ser a de dominar as ações ofensivas, o principal jogador da seleção de Vicente Del Bosque foi o goleiro De Gea, que salvou em diversas oportunidades. Sem inspiração, os meio-campistas espanhóis não conseguiam envolver a Itália – que, bem postada defensivamente com o esquema de três zagueiros, ainda chegava com mais perigo ao ataque e finalizava em maior número.

Na reta final da primeira etapa, saiu o merecido gol da Azzurra. Após pancada em cobrança de falta de Éder, Chiellini aproveitou o rebote do arqueiro adversário e balançou a rede. Em desvantagem, a Espanha esboçou uma pressão mais contundente, tentando jogar mais pelas laterais, mas, sem êxito, foi para o intervalo com problemas a resolver.

Depois do intervalo, Del Bosque apostou em Aduriz no lugar de Nolito, que vinha sendo uma peça nula. No entanto, a alteração não surtiu efeito, já que a Fúria continuou deixando espaços no meio e sem mobilidade na criação.

Encontrando uma Itália mais recuada, a melhor maneira que a Espanha encontrou foi na base do abafa. Iniesta liderou os bombardeios a Buffon, que brilhou no fim, colaborou diretamente para a classificação e ainda viu Pellè marcar no contra-ataque, fechando o caixão espanhol. Em suma: uma certa forma de vingança da eficiente Itália, que eliminou a seleção espanhola, a mesma que tinha a derrotada na decisão da Euro-12.

FICHA TÉCNICA ITÁLIA 2 x 0 ESPANHA

Local: Stade de France, em Paris (FRA)
Data e hora: 27 de junho de 2016, às 13h (de Brasília)
Árbitro: Cüneyt Çakır (TUR)
Auxiliares: Bahattin Duran e Tarik Ongun (ambos da Turquia)

Cartões amarelo: De Sciglio (ITA) Nolito (ESP)

GOLS: Chiellini – 32’/1ºT (1-0) e Pellè – 46’/2ºT (2-0)

ITÁLIA: Gianluigi Buffon; Leonardo Bonucci, Giorgio Chiellini, Andrea Barzagli, Mattia De Sciglio; Daniele De Rossi (Thiago Motta, 8’/2ºT), Marco Parolo, Alessandro Florenzi (Matteo Darmian, 39’/2ºT), Emanuele Giaccherini; Graziano Pellè e Éder (Insigne, 37’/2ºT). TEC: Antonio Conte

ESPANHA: David de Gea; Juanfran, Sergio Ramos, Gerard Piqué, Jordi Alba; Sergio Busquets, Cesc Fàbregas, Andrés Iniesta; David Silva, Nolito (Aduriz, intervalo / Pedro, 36’/2ºT) e Álvaro Morata (Lucas Vázquez, 25’/2ºT). TEC: Vicente Del Bosque

Comentários

comentários