Dupla morta em confronto com a polícia é suspeita de assalto a Nelsinho Trad

Rodrigo Ferreira Dias, 19, e Arthur Rodrigues Neto, 18, mortos em confronto com a polícia no início da noite de quinta-feira (25/10) são suspeitos de assalto à caminhonete onde estava o então candidato ao Senado, Nelsinho Trad.

Rodrigo (e) e Arthur acabaram mortos em troca de tiros – Crédito: Reprodução

O crime ocorreu no dia 28 de setembro, em frente a um hotel, em Dourados.

Além desse roubo, eles eram investigados por outras ações. A mais recente ocorreu no Parque das Nações I, que terminou em perseguição ao GM Corsa levado pela dupla e troca de tiros.

Na ocasião, eles conseguiram fugir para a mata às margens de uma estrada vicinal na região do Estrela Verá, mesmo bairro onde foram mortos ontem.

A operação

De acordo com o delegado do SIG (Setor de Investigações Gerais), Rodolfo Daltro, equipe recebeu informação de que a dupla estaria no local conhecido como ‘favelinha’ do Estrela Verá.

Na companhia de policiais militares da ALI (Agência Local de Inteligência) e da Força Tática, se deslocaram até a região.

Ao perceber a chegada das equipes, Rodrigo e Arthur correram para a mata. O local foi cercado e houve troca de tiros com os dois suspeitos mortos.

No barraco da dupla os policiais encontraram porções de maconha, pasta base e de cocaína, além de apreender dois revólveres calibre 38.

Ainda conforme a polícia, ambos são considerados criminosos de alta periculosidade. Arthur, conhecido como ‘Mizuno’, morava em São Paulo (SP) e estava em Dourados para cometer roubos e assaltos.

Já Rodrigo reside no mesmo bairro onde ocorreu o fato e possuí várias passagens pela polícia.

A ação foi registrada no 1º Distrito Policial de Dourados e no boletim de ocorrência consta lavrado, apesar dos dois mortos, ocorrência de tráfico de drogas, tentativa de homicídio e associação criminosa contra a dupla.

Comentários