Dupla é suspeita de vender maconha em drive-thru de lanchonete nos EUA

A polícia afirmou que dois empregados de uma loja do Burger King em New Hampshire, nos EUA, foram presos suspeitos de tráfico de drogas depois que as autoridades foram alertadas de que eles estavam vendendo maconha pelo drive-thru do estabelecimento.

Garrett Norris e Meagan Dearborn (Foto: Epping Police Department)

Segundo a polícia, sempre que um cliente pedia “batatas fritas supercrocantes”, seu lanche vinha acompanhado de maconha.

Mike Wallace, chefe de polícia de Epping, disse que Garrett Norris, de 20 anos, foi preso no sábado passado, depois de uma operação policial. Meagan Dearborn, 19, que era gerente de turno, também foi presa.

Wallace disse que o código era que os compradores primeiro perguntavam por “Nasty Boy” (garoto ruim), depois por “extra crispy fries”.

O policial afirmou que a marijuana era vendida em um recipiente separado. Ele afirmou que a operação não envolvia os donos da franquia.

Os dois devem comparecer ao tribunal em 28 de fevereiro.

Comentários