Dupla presa com cocaína de R$ 260 mil ostentava carros e festas

A Delegacia Especializada em Repressão ao Narcotráfico (Denar) prendeu, na madrugada de ontem (01), os irmãos Itamar dos Santos Pereira, de 31 anos, e Edmilson dos Santos Pereira, de 28 anos. Eles são acusados de liderar o tráfico de drogas na região oeste da Capital.

traficantes
Irmãos presos por tráfico de drogas Foto Ivan Silva

De acordo com o delegado João Paulo Sartori, responsável pelas investigações, o primeiro a ser preso foi Edmilson. “Começamos a investigar a dupla através de denúncias anônimas, e flagramos Edmilson no momento que ele estava entregando 18 quilos de cocaína para dois homens em uma rua atrás do Upa (Unidade de Pronto Atendimento) do bairro Universitário”, relatou. Ainda segundo Sartori, quando perceberam a presença dos policiais, os dois indivíduos que estavam comprando a droga apreenderam fuga em um veículo Chevrolet Celta. Houve perseguição policial, mas a dupla conseguiu fugir, abandonando o carro com a cocaína.

Traficantes atuavam há aproximadamente cinco meses. Foto: Kerolyn Araújo
Traficantes atuavam há aproximadamente cinco meses. Foto: Kerolyn Araújo

Após ser preso, Edmilson levou os policiais até a casa onde guardavam a droga, na rua João Roma, na Vila Julieta, onde encontraram Itamar.

Segundo a polícia, a dupla era dona de um pet shop e uma distribuidora de alimentos no Jardim Itamaracá. Há suspeita de que eles usavam o local para lavar dinheiro. Eles agiam na região e distribuindo cocaína em outros municípios há aproximadamente cinco meses.

Segundo delegado, polícia chegou até os traficantes através de denúncias anônimas. Foto: Kerolyn Araújo
Segundo delegado, polícia chegou até os traficantes através de denúncias anônimas. Foto: Kerolyn Araújo

No total, a polícia apreendeu 32 quilos de cocaína, que foram avaliadas em R$ 260 mil reais. Além da droga, os policiais apreenderam R$ 12 mil em dinheiro e quatro veículos. O Celta, que era usado pelos traficantes que conseguiram fugir e um Pálio, além de dois carros de luxo, um Audi A4 e um New Beetle, avaliados em R$ 150 mil. O delegado também afirmou que a dupla levava uma vida de ostentação, gastando dinheiro em camarotes de festas na cidade.

Conforme o delegado, há cerca de cinco meses a Polícia Civil vem monitorando a dupla. Vida de luxo, regada a festas e exageros, chamou atenção e levou a polícia a dois irmãos, considerados os principais traficantes da região Oeste da Capital.

Itamar e Edmilson foram presos e responderão pelo crime de tráfico de drogas. Eles já tinham passagem pela polícia por ameaça, estelionato, posse ilegal de arma de fogo e lesão corporal.

Kerolyn Araújo

Comentários

comentários