Dupla aterroriza família e um morre em confronto com o Choque

José Augusto Santos Cordeiro, de 27 anos, morreu após render uma família, roubar uma Toyota Hillux e entrar em confronto com o Batalhão de Choque da Polícia Militar, na noite desta sexta-feira (15).

(Foto: Batalhão de Choque)
(Foto: Batalhão de Choque)

De acordo com o segundo tenente do Choque, Edemair Dias, no momento do assalto, José Augusto estava com mais um comparsa. A dupla armada, rendeu uma família que estava em dois veículos uma Hillux e uma BMW e que chegava em casa por volta das 22h20, na Rua do Marco, na Vila Carlota.

A dupla que chegou em um Volkswagem Golde cor branca agiu com violência retirando a família dos veículos, vindo a agredir um adolescente da família, de 17 anos no ombro com um revólver. A dupla fugiu levando o veículo Hillux, as chaves do BMW, deixando o veículo, e um Iphone.

Após o assalto, José Augusto passou em um posto de combustíveis, encheu o tanque do veículo, enquanto seu comparsa e uma terceira pessoa estavam no Gol que seria usado como batedor, para levarem a caminhonete até o país vizinho, o Paraguai.

(Foto: Batalhão de Choque)
(Foto: Batalhão de Choque)

O Batalhão de Choque foi acionado e conseguiu localizar tanto o Gol, como a Hillux, na região das Moreninhas. Ao ver a polícia, os ocupantes do Gol fugiram, enquanto José Augusto desceu da caminhonete e entrou em um matagal às margens da via.

Os policiais fizeram buscas pelo local e localizaram o homem, que teria desferido três tiros contra os policiais que revidaram e o acertaram com dois tiros o tórax. O assaltante foi socorrido e levado para o Hospital Regional, mas devido aos ferimentos não resistiu e morreu.

A arma que estava com José Augusto, um revólver calibre 38, foi apreendida pelos policiais.

Comentários

comentários