Dourados confirma 3 casos de H1N1; Campo Grande investiga 30 suspeitos

Dourados tem três casos confirmados de Influenza A H1N1 e mais um suspeito sob investigação, segundo o Boletim Epidemiológico divulgado ontem (07) pela SES (Secretaria de Estado de Saúde). Campo Grande possui 30 casos suspeitos e 3 confirmados.

De acordo com o site Dourados News, os casos confirmados são de um homem de 29 anos, uma mulher de 21 anos e uma criança de 10 anos. Já o caso suspeito investigado é de um homem de 34 anos.

Segundo o gerente do Departamento, Devanildo Souza, uma característica deste ano é que os casos começaram a aparecer mais cedo. “Todo ano os casos começam no inverno e ainda não estamos no inverno. No entanto, estamos com esse longo período de tempo seco, que é propício para a doença”, explica.

Souza ainda explica que apesar da doença estar aparecendo mais cedo, ainda não há possibilidade de antecipar a vacina. A imunização terá início somente no dia 30 de abril, seguindo calendário do Ministério da Saúde.

Para se proteger com a doença, o gerente lembra que é importante antecipar também as medidas de prevenção. Entre os principais cuidados estão sempre manter a higiene das mãos; evitar contato com pacientes contaminados; locais de grande concentração de pessoas; evitar apertos de mãos, abraços e beijo social; além de não partilhar alimentos, copos e outros objetos.

No Estado

Em todo Mato Grosso do Sul, já são 106 casos notificados de Influenza, sendo 11 confirmados do tipo A H1N1 e um do B. A maior parte dos suspeitos está em Campo Grande (30) e Corumbá (44). Já os confirmados são em Aparecida do Taboado (1), Campo Grande (3), Corumbá (1), Dourados (3), Nova Andradina (1), Ponta Porã (1) e São Gabriel do Oeste (1). Três pessoas já morreram este ano da doença no Estado, sendo pacientes de Campo Grande, Corumbá e São Gabriel do Oeste.

Fonte: Dourados News

Comentários

comentários