Dornelles pede apoio das Forças Armadas para atuar nos Jogos Rio 2016

O governador em exercício Francisco Dornelles enviou hoje (15) ofício ao presidente interino, Michel Temer, solicitando o emprego das Forças Armadas no Rio de Janeiro, no período de 24 de julho a 19 de setembro. Os militares deverão atuar no policiamento ostensivo nas linhas Vermelha e Amarela, Avenida Brasil, Aeroporto Internacional Tom Jobim, devido ao elevado número de visitantes na cidade antes e durante os Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016.

No documento, o governador em exercício destaca que a Polícia Militar não dispõe de recursos operacionais para o cumprimento de todas as demandas.

Dornelles informou durante os jogos, a PM não terá apoio da Força Nacional de Segurança Pública no policiamento ostensivo da cidade, uma vez que estará empregada de maneira maciça na segurança interna das instalações olímpicas.

Olimpiadas-2016-Brasil

Apoio do governo

Em visita ao Parque Olímpico da Barra da Tijuca, na terça-feira (14), o presidente interino Michel Temer participou de reunião do grupo de trabalho interministerial de coordenação e monitoramento dos Jogos. Antes, Temer se encontrou com os presidentes do Comitê Olímpico Internacional (COI), Thomas Bach, e do Comitê Olímpico Brasileiro (COB), Carlos Arthur Nuzman.

Em reunião do grupo de trabalho, na semana passada, em Brasília, Temer destacou a importância dos Jogos para o país e reafirmou todo o apoio do governo federal na organização do evento. “O sucesso da Olimpíada significa o sucesso do nosso país. Faremos uma visita, vou ter um primeiro contato.Tenho este encontro com o senhor presidente do COI, até para dar uma injeção de ânimo”, disse, na ocasião.

Agência Brasil

Comentários

comentários