Dólar recua e chega a se aproximar de R$ 3,10 após aumento de imposto

Do G1

dólar aprofundou ainda mais a baixa ante o real nesta sexta-feira (21), após o governo ter subido impostos e cortado mais do orçamento para tentar atingir a meta fiscal neste ano e ainda favorecido por ingresso de recursos para aberturas de capital no país, segundo a Reuters.

Às 10h09, a moeda norte-americana recuava 0,01%, a R$ 3,1265 na venda.

O recuo da moeda ante outras divisas no exterior também contribui para o movimento interno, embora os baixos preços possam levar a uma correção, segundo a Reuters.

O Banco Central realizará nesta sessão novo leilão de até 8,3 mil swaps cambiais tradicionais –equivalentes à venda futura de dólares– para a rolagem dos contratos que vencem em agosto.

Na véspera, o dólar fechou em queda, movimento que tem predominado nas últimas sessões, em sintonia com o cenário externo e favorecido por perspectivas de ingresso de recursos no Brasil.

A moeda norte-americana caiu 0,71%, vendida a R$ 3,1268, renovando a mínima desde maio (R$ 3,0955 no dia 16). Na semana e no mês, o dólar acumula queda de 1,82% e 5,61%, respectivamente. No ano, há queda de 3,78%.

Comentários