Dólar opera em queda, de olho nos efeitos da crise política nas reformas; cotação é de R$ 3,2524

Do G1

dólar opera em queda nesta quarta-feira (24), com os investidores monitorando os efeitos da crise política sobre a tramitação das reformas estruturais no Congresso Nacional, além das consequências do rebaixamento da nota da China pela Moody’s, segundo a Reuters.

Às 9h29, a moeda norte-americana caía 0,42%, cotada a R$ 3,2524.

No Congresso, os aliados do governo tentam dar ares de normalidade aos trabalhos e, na véspera, aprovaram a medida provisória que permite o saque de contas inativas do FGTS. Além disso, o relatório da reforma trabalhista foi considerado lido na Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) do Senado.

O Banco Central realiza nesta quarta-feira leilão de até 8 mil contratos de swap cambial tradicional (equivalente à venda futura de dólares) para rolagem do vencimento de junho. A autoridade não fará leilão de contratos novos, como ocorreu nos três últimos pregões.

Na véspera, a moeda fechou em queda de 0,31%, vendida a R$ 3,2662.

Comentários