Dois são presos em caminhonete roubada com mais de 1,7 mil quilos de droga

Camionetes têm sido o principal veículo para o transporte de drogas. Roubadas em diferentes regiões do país, elas são levadas até o Paraguai ou cidades sul-mato-grossenses para serem carregadas de drogas. O destino são principalmente os estados de São Paulo, Paraná e Minas Gerais.

Júlio César e Luciano foram presos em flagrante por tráfico de drogas e receptação - Foto: Divulgação
Júlio César e Luciano foram presos em flagrante por tráfico de drogas e receptação – Foto: Divulgação

Ontem, policiais do Departamento de Operações de Fronteira (DOF) prenderam no final de tarde mais duas pessoas ligadas ao tráfico. Um dirigia uma camionete e o outro fazia o trabalho de batedor numa moto.

Segundo o DOF, por volta das 17h, durante fiscalização de rotina próximo, uma camionete Ford F250 foi aborada na MS-156, próximo a Amambai. O condutor era Luciano Abreu, de 24 anos, morador em Coronel Sapucaia.

Durante vistoria no veículo foi encontrado 1.760 quilos de maconha. Próximo do local, os policiais abordaram o batedor da carga que estava em uma moto Honda Falcon com placa de Itaporã. Julio Cesar, 23 anos, é morador em Amambai.

A dupla disse aos policiais que receberia R$ 5 mil para transportar a droga de Amambai a Campo Grande. Em checagem, foi contatado que a caminhonete estava com placas frias e que havia sido roubada em Paranavaí-PR, em abril deste ano.

Os dois suspeitos foram encaminhados juntamente com veículo e a droga até a Delegacia de Fronteira em Dourados, onde acabaram sendo autuados em flagrante, acusados de tráfico de droga e receptação.

Comentários

comentários