Dispositivos móveis ultrapassam computadores no uso de internet

Divulgação/StatCounter
Divulgação/StatCounter

O uso de internet em dispositivos móveis ultrapassou, pela primeira vez, o de computadores convencionais, segundo a empresa StatCounter, que mede o tráfego na web. De acordo com a consultoria, os celulares e tablets foram responsáveis por 51,3% do uso de internet no mundo em outubro, enquanto os computadores ficaram com 48,7%.

Apesar desse dado, os desktops continuam como principal plataforma no mundo ocidental. As máquinas contabilizam cerca de 65,13% do uso de internet na América do Sul, 58,25% na América o Norte e 66,33% na Europa. Só no Brasil os números chegam a 68,67%.

O número alto de acessos por dispositivos móveis prevalece em países asiáticos, onde alcançam 64,28%. Países da África somam 63,5%. A Índia chega a ter 75% de seu tráfego proveniente de celulares e tablets.

O Google anunciou no ano passado, que os celulares ultrapassaram os computadores convencionais em número de buscas feitas no seu site.

Para a comScore, uma renomada empresa no ramo de consultoria de internet, os dispositivos móveis alcançam 65% do uso na rede. Na semana passada, a mesma empresa apontou que, no Brasil, gasta-se 283% mais tempo nos mecanismos instáveis que nos Pcs.

A StartCounter não releva o tempo gasto em cada segmento, mas sim a quantidade de dados gerados.

 

 

Comentários

comentários