Discussão entre assessor e filho de vereadora têm pancadaria e ameaça de morte

Na manhã dessa terça-feira (6), o assessor de imprensa da prefeitura da cidade de Taquarussu, Rodineis Rodrigues de Souza de 44 anos, foi agredido em um posto de combustível localizado na avenida Felinto Muller, por Marcos Cezar de Andrade de 41 anos, conhecido com “Marquim do Lolo”, filho de uma vereadora candidata a reeleição e também servidor da prefeitura.

Vítima recebeu um soco no olho - Foto: WhatsApp/Jornal da Nova
Vítima recebeu um soco no olho – Foto: WhatsApp/Jornal da Nova

Segundo o Jornal da Nova a vítima contou à polícia que a agressão teria sido motivada por uma discussão política e que ele entrou no carro de Marcos e o questionou o porquê ele fala mal dele e pediu para o mesmo deixar sua vida em paz, e para quem ele vota ou deixa de votar é problema dele.

Nesse momento, Marcos ficou muito agressivo e desferiu um soco no rosto da vítima, disse que iria dar um tiro em sua cara. O agressor ainda desceu do carro e foi para o lado que a vítima estava e então tentou agredi-la novamente dando outro soco, mas esse não chegou a acertar.

As pessoas que estavam no posto de gasolina não deixaram que mais alguma coisa acontecesse.  A vitima afirmou ainda que Marcos o ameaçou e disse que iria pegar um revólver e iria lhe dar um tiro.

Marcos poderá responder pelos crimes de lesão corporal dolosa e ameça.

Em nota via WhatsApp, Marcos disse que a briga não tem nada haver com política, que a vítima estaria usando esse método para tentar prejudicar a campanha de sua mãe. Disse ainda que nada que vem dela, não afetaria em nada, porque o problema é dele [Marcos] e Rodineis.

Já Rodineis Rodrigues disse que as agressões só não foram maiores porque populares o seguraram. “Não reagi a nada, somente tentei me defender, pois corriam conversas de que ele estava falando mal de minha vida, sem que eu tenha dado motivos para isso”, explica Rodineis ressaltando que vai querer representar criminalmente.

 

Comentários

comentários