Diretoria reafirma confiança em Mano e garante treinador no cargo

Gazeta Esportiva.com

Câmara falou do momento do time mineiro (Foto: Divulgação)

No fim das contas, o ano do Cruzeiro é ruim: o time ainda não engrenou, a Raposa saiu precocemente da Copa Sul-Americana, perdeu o Campeonato Mineiro para o maior rival, e não está bem no Brasileirão. Apesar disso, a diretoria do Cruzeiro segue confiante com o técnico Mano Menezes.

De acordo com o diretor de futebol, Klauss Câmara, o treinador segue com tranquilidade no cargo. “Há muita dificuldade quando se demite o treinador no Brasil. E acho que temos um dos melhores. É um dos motivos que acreditamos que podemos ter uma temporada positiva”, destacou Câmara.

Apesar da afirmação celeste, a Gazeta Esportiva apurou que o treinador terá pouco tempo para apresentar resultados. Contra o Palmeiras, no próximo domingo, no Mineirão, pelo Campeonato Brasileiro, a vitória é considerada fundamental. A reportagem apurou ainda que a cúpula azul se encontrou com representantes de Dorival Júnior para saber condições, mas recebeu a negativa pelo momento político celeste.

“Não tem ninguém satisfeito”

O Cruzeiro passou, mais uma vez, por protestos por parte de sua torcida, na manhã desta quarta-feira, na porta da Toca da Raposa II, durante a reapresentação dos jogadores.

Os principais líderes do movimento, que contava com mais de 200 torcedores, foram recebidos dentro do CT e tiveram a oportunidade de conversar com alguns membros da diretoria. Os jogadores não foram alcançados.

Câmara reforça que todos estão trabalhando para mudar a realidade do clube e ninguém está contente com o momento.

“Não tem ninguém satisfeito com o momento que estamos vivendo, mas a grande frustração foi a eliminação precoce na Sul-Americana. Mas quando a gente pensa no que tem pela frente, nos profissionais que temos, a gente acredita que vai virar essa chave e ir em busca das três competições que ainda podemos ganhar”, finalizou o diretor de futebol.

Comentários