Diretor da Santa Casa é o primeiro paciente do Prontomed após reinauguração

Fechado desde o mês de janeiro para reformar, o Prontomed, setor da Santa Casa destinado ao pronto atendimento de clientes de convênios, reabriu nesta quarta-feira (14). Mesmo com o atraso das obras, que deveriam ter sido finalizadas em quatro meses, o setor de pediatria não voltou a funcionar, uma notícia que pais não esperavam.

14pronto

Segundo o diretor-presidente da Santa Casa, Wilson Teslenco,,a reativação não foi possível por falta de equipe de profissionais. No entanto, Teslenco afirmou que os serviços de ortopedia irão funcionar 24 horas no hospital. “Nosso objetivo é ampliar o atendimento que era 4,5 mil por mês com nova oferta chegando a 7 mil por mês”, disse.

Ao todo, foram investidos R$ 800 mil na estruturação do novo Prontomed. Algumas mudanças foram feitas, como compra de raio-x digital, troca de equipamentos e ampliação da quantidade de platonistas emergencistas, que atenderão 24 horas.

De acordo com Teslenco, a demora na conclusão das obras foi devido a imprevistos que surgiram durante a reforma. “Cada vez que mexíamos em alguma coisa, aparecia outra”, explica.

Além de adequar o espaço a exigências sanitárias, que não passava por reformas há oito anos, foram trocados pisos, forro, batentes, reparos na parte elétrica e hidráulica e pintura .

INTERNAÇÃO

O diretor financeiro do hospital que participava do ato de inauguração do Prontomed , Gete Ottano, passou mal e desmaiou, e acabou sendo o primeiro paciente a receber os serviços no setor de pronto atendimento da unidade hospitalar. De acordo com informações da Santa Casa, o diretor foi diagnosticado com quadro de hipertensão e passou por exames cardíacos.

Comentários

comentários