‘Dilma deve renunciar para unir o País’, diz FHC

“Renúncia com grandeza” – Durante evento que marcou o lançamento do projeto “Rede Solidária”, do governo do Estado, o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, provocado pelos jornalistas sobre recente declaração em que FHC sugeriu que “a presidente Dilma Rousseff renunciasse com grandeza”. O ex-presidente justificou a proposta: “Diante da situação em que o país se encontra, a presidente devia encarar a renúncia como uma saída honrosa que uniria o país”. FHC defendeu que “essa seria uma alternativa para o bem do Brasil que a presidente deveria considerar”.

Rede Solidária – O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso participa na manhã desta sexta-feira (13), do lançamento do Rede Solidária – Ruth Cardoso, projeto social do governo do Estado, no bairro Dom Antônio Barbosa. que homenageia postumamente, a antropóloga e companheira de FHC.

O Rede Solidária é uma iniciativa pioneira no Brasil, estabelecido com o objetivo de cumprir metas de pacto firmado pela ONU (Organização das Nações Unidas), do qual o Brasil é signatário, para cumprimento dos chamados 17 ODS (Objetivos de Desenvolvimento Sustentável).

A primeira unidade do projeto foi fixada no Dom Antônio Barbosa com previsão de atender 800 pessoas e a expectativa é levar o projeto ao interior do Estado, prioritariamente, para a região de fronteira.

Foto Silvio Ferreira
Foto Silvio Ferreira

Em coletiva à imprensa, FHC declarou que “o conceito de ‘rede’ é importante, porque nós vivemos em rede e nem tudo se resolve com dinheiro.” FHC lembrou que em sua vida acadêmica, seus trabalhos versaram sobre “a situação do negro, da miséria, da fome, das condições desumanas de vida em uma favela”.

Por conta disso, FHC reconheceu a importância da fala do governador Reinaldo Azambuja, contra o assistencialismo meramente eleitoreiro: “esses problemas não se resolvem apenas com transferência de renda, mas com educação, capacitação profissional”, frisou, referindo-se à fala de Azambuja.

Silvio Ferreira

Comentários

comentários