Diferença de preço no presente de Dia dos Pais chega a 512%

06papiPresentear o pai no próximo domingo (9) pode sair bem caro para quem não estiver disposto a percorrer várias lojas em busca do menor preço. Pesquisa realizada pelo Procon/MS, órgão ligado à Secretaria de Estado de Direitos Humanos, Assistência Social e Trabalho (Sedhast), divulgada hoje (6), mostra grande variação principalmente nos produtos das lojas de confecção.

Comprar meias pode representar uma variação de até 512%. O menor preço registrado foi de R$ 4,90 e o maior de R$ 29,99. Para o pai que gosta de gravata, o menor preço encontrado foi de R$ 15,90 e o maior de R$ 74,99. O balde térmico foi um dos produtos com menor variação, apenas 18%, sendo o mais barato encontrado por R$ 69,90.

Para a superintendente do Procon/MS, Rosimeire Cecília Acosta, a orientação é pesquisar pelo menor preço. “Estamos divulgando a pesquisa nesta data para propiciar que os estabelecimentos comerciais ainda possam fazer promoções de vésperas a fim de atrair os consumidores, pois nesses tempos de crise a melhor opção é pechinchar”, disse.

No total, foram pesquisados 32 itens em 23 lojas do centro da Capital. A pesquisa completa pode ser conferida no link: Pesquisa dias dos Pais 2015.

Comentários

comentários