Dias após fazer família refém, assaltante é preso usando relógio e roupas das vítimas

Da Redação

(Foto: divulgação/PM)

Heron Tavares Araújo, 23 anos, foi preso neste domingo (01), ao ser flagrado pela polícia usando roupas e relógio, produto de roubo. O homem é acusado de roubar e manter uma família refém, no último dia 17. Com ele foram presos também Felipe Santos de Almeida Martins, 20, e Denis Gazula Simão da Silva, 21, toda ocorrência aconteceu no Bairro Guanandi.

Agentes do Batalhão de Choque da Polícia Militar realizavam trabalho de rondas quando abordaram um veíclo que tinha como passageiros Heron Araújo e Felipe Martins. AO perceber a ação policial, Heron iniciou fuga pulando muros das casas próximas, no entanto não teve sucesso. Foi constado que o outro suspeito era foragido do semiaberto e ambos foram levados à delegacia e o carro apreendido.

Durante entrevista policial, Heron confessou que assaltou uma residência há alguns dias e levou o veículo Golf e ainda de acordo com ele, o carro já estava no Paraguai. O suspeito entregou também os comparsas e posteriormente Denis acabou preso.

Assalto

Heron Tavares Araújo teve participação em um roubo no dia 17 de março, na Rua Tambiá, no Jardim Manaíra. No crime, os ladrões fizeram cinco pessoas da mesma família reféns, as vítimas tinham 33, 30, 46, 9 e 2 anos. Eles fugiram levando um VW Golf, uma motocicleta Honda Biz e vários objetos como relógios e roupas, que Heron usava quando preso.

Comentários