Dia de campo aborda pecuária leiteira em sistema silvipastoril

Será realizado nesta sexta-feira, dia 25, a partir das 7h30, o 2º Dia de Campo sobre bovinocultura leiteira em sistema silvipastoril na Estância Chaparral, localizada no Distrito de Capão Verde, em Alto Paraguai (MT). O evento é destinado a pecuaristas, estudantes, técnicos e profissionais vinculados ao agronegócio.

A Estância Chaparral é desde 2001 uma Unidade de Referência Tecnológica (URT) acompanhada pelo extensionista da Empaer Irapuan Rodrigues da Silva. A instalação da URT é uma das atividades da Capacitação Continuada de Técnicos da Cadeia Produtiva do Leite, um treinamento contínuo coordenado pela Embrapa Agrossilvipastoril.

O objetivo é que o extensionista participe da capacitação e aplique o conhecimento adquirido em uma propriedade da região em que atua, de modo a beneficiar o produtor e transferir as informações e experiências para outros produtores e profissionais da região.

Este dia de campo é parte desse processo de multiplicação de conhecimento, que envolve também a realização de palestras e visitas técnicas.

As inscrições para o evento são gratuitas e serão feitas na própria Estância Chaparral, a partir das 7h30.

Programação

A segunda edição do dia de campo na Estância Chaparral contará com uma palestra de abertura na qual o proprietário, Maurício Galvão, e o extensionista Irapuan Silva apresentarão a fazenda.

Na sequência, os participantes serão divididos em três grupos e participarão de um circuito de três estações.

Em uma delas, o técnico da Empaer Eliel Ferreira Porto abordará o tema a cana-de-açúcar na alimentação de bovinos de leite. Na outra, o supervisor Técnico da TRU-TES Elias Pelachim fará uma abordagem prática sobre a construção de cerca elétrica. A terceira estação terá como tema o manejo de pastagem em sistema silvipastoril, que será conduzida pelo analista de Transferência de Tecnologia da Embrapa Orlando Oliveira.

Este dia de campo é uma realização conjunta do Senar-MT,OCB, Empaer, Secretaria de Estado de Agricultura Familiar e Regularização Fundiária, Embrapa e Superintendência Federal de Agricultura em Mato Grosso.

Comentários

comentários