Detran passa a fazer videomonitoramento de aulas práticas para CNH

Silvio Ferreira

Em entrevista concedida nesta segunda-feira (24) ao programa Tribuna Livre, da Capital FM, e ao portal de notícias Página Brazil, o presidente do Departamento Estadual de Trânsito de Mato Grosso do Sul (Detran/MS), Gerson Claro Dino, falou sobre as novidades no processo de emissão da Carteira Nacional de Habilitação (CNH) no estado e em todo o país.

Definidas por resolução do Conselho Nacional de Trânsito (Contran), as novas regulamentações estabelecem o cadastro biométrico e videomonitoramento de todo o processo de capacitação para a emissão da primeira habilitação. Os dois procedimentos, já adotados na fase das aulas teóricas nos Centros de Formação de Condutores (CFCs) passam a ser obrigatórios também durante as aulas práticas.

Câmeras instaladas no interior dos veículos das CFCs permitirão o acompanhamento em tempo real das aulas por meio da central de videomonitoramento montada na sede do Detran/MS em Campo Grande. Em testes há aproximadamente 50 dias pelos CFCs do estado, os equipamentos colhem dados sobre a performance do condutor em formação, desde o percurso do veículo em cada aula, passando pela velocidade desenvolvida e eventuais falhas na condução, entre outros.

Gravações em áudio e vídeo na íntegra das aulas permitirão que técnicos do Detran acompanhem tanto as dificuldades e a evolução dos condutores em formação, quanto a qualidade das aulas ministradas pelos instrutores.

Segundo o presidente do Detran/MS, “o sistema proporcionará ainda mais lisura ao processo de emissão da primeira habilitação no Estado, praticamente zerando as possibilidades de fraude no processo, hoje limitadas em MS – via de regra -, à falsificações feitas a partir de documentos legítimos”.

O novo sistema de videomonitoramento do processo de formação de condutores de veículos no Estado será adotado nos processos para capacitação de condutores das categorias B (carros), C (caminhão), D (ônibus) e E (veículos com dois reboques).

Comentários