Desenvolvimento Regional terá servidor Gustavo Canuto como ministro, anuncia Bolsonaro

G1/JP

O futuro ministro do Desenvolvimento Regional, Gustavo Canuto, ao lado do presidente eleito, Jair Bolsonaro — Foto: Divulgação/Assessoria do governo de transição

O atual secretário-executivo do Ministério da Integração Nacional, Gustavo Henrique Rigodanzo Canuto, será o futuro ministro do Desenvolvimento Regional, pasta a ser criada pelo Jair Bolsonaro.

O anúncio da indicação de Canuto, servidor efetivo do Ministério do Planejamento, foi feito nesta quarta-feira (28) pelo próprio Bolsonaro, pelo Twitter. De acordo com o site do Ministério da Integração Nacional, ele não tem filiação partidária.

O Ministério do Desenvolvimento Regional reunirá os atuais ministérios das Cidades e de Integração Nacional, que se tornarão secretarias da nova pasta.

Canuto é formado em engenharia da computação pela Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) e em direito pelo Centro Universitário de Brasília (UniCeub).

Segundo informações do Ministério da Intregração Nacional, ele também já trabalhou na Secretaria de Aviação Civil, na Secretaria Geral da Presidência da República e na Agência Nacional de Aviação Civil (Anac).

Comentários