Desejo do PSDB é lançar de 46 a 56 candidatos a prefeito no Estado em 2020

Estratégia da cúpula tucana foi revelada durante encontro nesta sexta

O comando regional do PSDB reuniu nesta sexta-feira (19) os dirigentes municipais para discutir o processo eleitoral do ano que vem.

O desejo da cúpula tucana é lançar de 46 a 56 candidatos a prefeito em Mato Grosso do Sul,  segundo o presidente da executiva regional, Sérgio de Paula.

Reinaldo da recado a tucanos (Foto: Divulgação)

Atualmente, o PSDB comanda 38 prefeituras no Estado, mas a intenção é ampliar o número de gestores municipais e trabalhar para fortalecer ainda mais as bases partidárias no interior a partir de uma ampla campanha de filiação.

Outra meta do partido, segundo ele, é eleger o maior número possível de vereadores.

Durante a reunião, Sérgio de Paula orientou os dirigentes municipais a filiar 4% do eleitorado de cada cidade visando o crescimento do grupo, que hoje conta com uma militância de 33 mil integrantes, a terceira posição atrás de MDB e PT.

Ele alertou que o próximo pleito será atípico, por isso defende a necessidade de se ampliar o quadro da legenda em Mato Grosso do Sul.

“Será uma eleição diferente, onde os partidos terão que formar suas chapas de vereadores, sem alianças proporcionais”, colocou o presidente na reunião que contou com a presença do governador Reinaldo Azambuja, principal liderança política do PSDB no Estado.

Em sua fala, o governador fez questão de lembrar o bom desempenho do partido nas eleições do ano passado e incentivou a militância e os dirigentes municipais a se dedicarem na tentativa de fortalecer o grupo visando compromissos futuros.

“Tivemos um ótimo resultado na eleição de 2018, fazendo maior bancada estadual e federal, mas temos que fortalecer e trazer mais filiados”, sugeriu Reinaldo Azambuja.

Comentários