Deputado propõe audiência para discutir e buscar soluções sobre altos índices de suicídio em MS

Nádia Nicolau

Mato Grosso do Sul está em terceiro lugar no ranking dos estados com maior índice de suicídio no país, essa foi a informação repassada pelo deputado estadual Herculano Borges (Solidariedade), durante sua participação no programa Tribuna Livre, nesta segunda-feira (02).

Em razão desse dado alarmante que revela, também, altos registros de suicídios na faixa etária infanto-juvenil, o parlamentar resolveu levar à Casa de Leis essa discussão, em forma de audiência pública, nesta manhã, e reuniu especialistas que atuam diretamente nessa questão, ligadas às religiões e entidades da sociedade civil. Essa ação faz parte da campanha Setembro Amarelo, em alusão à prevenção do suicídio.

“É um tema polêmico, cercado por tabus, mas é preciso falar”, alertou Herculano. O deputado, que tem seu trabalho volta à família, declarou que esse fenômeno social está relacionado “à falta de esperança, questões psicológicas e falta de relação afetiva”.

O parlamentar também compartilhou que, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), em média 800 mil pessoas cometem suicídio a cada ano. No Brasil são 40 a 50 suicídios por dia e o índice tem crescido entre jovens de cinco a 19 anos.

Vale destacar que você precisa ou alguém você conheça precisa de ajuda, basta entrar em contato com o CVV (Centro de Valorização da Vida), que atua no apoio emocional e na prevenção do suicídio por meio do telefone 188, também por chat e e-mail.

Comentários