Deputado anuncia “pedido de desfiliação do PDT junto ao TRE diante de perseguição”

O deputado estadual Beto Pereira (PDT) anunciou que vai ingressar com “um pedido no TRE (Tribunal Regional Eleitoral) de desfiliação da legenda sem perda de mandato, porque acredita já estar amplamente caracterizada a perseguição que está sofrendo por parte do presidente estadual do PDT, Dagoberto Nogueira”.

“Diante da solicitação do presidente – contrária ao entendimento dos integrantes da bancada estadual da legenda -, de que eu deixe a liderança do PDT na AL fica caracterizada essa perseguição e eu creio que já temos subsídios para não sermos mais obrigados a esperar a abertura do prazo da “janela partidária” para solicitarmos a desfiliação do partido sem perda de mandato.”

DSC_0042
Deputado anuncia saída do PDT

“A exigência – segundo os colegas que testemunharam a declaração do presidente Dagoberto Nogueira – que eu saísse da liderança do partido, contrário à tendência interna do partido, em represália às denúncias que eu fiz junto a Executiva Nacional do PDT, caracterizam essa perseguição.”

Beto Pereira anunciou a decisão de ingressar com o pedido de desfiliação, apesar da intercessão dos demais deputados da bancada (Felipe Orro e George Takimoto), para a sua permanência na liderança do PDT na AL.

Questiomado sobre qual será o seu destino diante de uma eventual recepção do pedido por parte do TRE, o deputado afirmou: “Vamos dar um passo de cada vez. Primeiro, o pedido de desfiliação”, finalizou.

Silvio Ferreira

Comentários

comentários