Depois de bloqueio do WhatsApp, hackers derrubam sites oficiais de Sergipe

Hackers do grupo Anonymous Brasil afirmaram nesta hoje (2) que retiraram do ar os sites do Tribunal de Justiça de Sergipe e da Justiça Federal de Sergipe em “represália” ao bloqueio do WhatsApp no Brasil.

2watts

O grupo também derrubou o site do governo de Sergipe. Os hackers confirmaram os ataques em postagens na rede social Facebook.

O site da Justiça Federal de Sergipe voltou ao ar por volta de 16h25, mas os outros dois permaneciam sem carregar.

A decisão, de 26 de abril, é do juiz Marcel Montalvão, da comarca de Lagarto (SE). O bloqueio deve durar 72 horas.

O bloqueio afeta a instalação do aplicativo. Se o usuário tenta baixar e instalar o WhatsApp neste momento, não consegue fazer a verificação do número telefone, passo essencial na instalação. O app informa que não consegue se conectar com a internet.

Alguns usuários relatam que recebem as mensagens do aplicativo de pessoas do exterior, mas não conseguem responder.

Em nota, o WhatsApp diz estar desapontado com a decisão do juiz. “Depois de cooperar com toda a extensão da nossa capacidade com os tribunais brasileiros, estamos desapontados que um juiz de Sergipe decidiu mais uma vez ordenar o bloqueio de WhatsApp no Brasil”, afirmou, em comunicado.

“Esta decisão pune mais de 100 milhões de brasileiros que dependem do nosso serviço para se comunicar, administrar os seus negócios e muito mais, para nos forçar a entregar informações que afirmamos repetidamente que nós não temos.”

Comentários

comentários