Denúncias eleitorais crescem 25% em pouco mais de duas semanas

Já às vésperas de definir os resultados do segundo turno nas eleições deste ano, o Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul (TRE-MS) já recebeu registro de 133 denúncias de campanha no Estado, sendo 25% apenas em pouco mais de duas semanas.

Até o dia 5 de outubro, antevéspera do 1º turno, eram apenas 107 casos apontados ao Tribunal.

A maioria dos registros continua sendo em Campo Grande. Por lá, já são 89 acusações por infrações eleitorais. Em seguida aparecem Três Lagoas, com 7 registros e Dourados com 4.

As principais irregularidades denunciadas ao TRE são por propaganda mediante distribuição de material gráfico, campanha por mensagens eletrônicas ou telemarketing e compra de voto, arrecadação ou gastos ilícitos em campanha, além de condutas vedadas aos agentes públicos.

Juntas elas somam 70,67% dos registros, sendo 43, 32 e 19 acusações respectivamente.

Comentários