Delivery: traficantes entregavam drogas e faturavam até R$ 30 mil por mês

Policiais da Delegacia Especializada em Repressão ao Narcotráfico (Denar) prenderam na manhã de ontem (24), durante a Operação Delivery, três homens acusados de tráfico de drogas na Capital. Thiago Gomes Silva, 26 anos, João Gustavo Neri de Lima, 21 anos e Ronilson da Silva, 31 anos, vendiam os entorpecentes em um esquema de disque entrega e faturavam em média R$ 30 mil por mês.

Trio realizava entrega em toda a cidade. Foto: Ivan Silva
Trio realizava entrega em toda a cidade. Foto: Ivan Silva

De acordo com o delegado João Paulo Sartori, responsável investigações, o trio estava sendo monitorado há aproximadamente um mês. “Chegamos até eles por meio de denúncias anônimas e, na data de ontem, ficamos sabendo que eles fariam uma entrega”, explicou.

Ainda segundo Sartori, eles entregavam o entorpecente em várias regiões da cidade e utilizavam dois veículos, um Hyundai i30 e um Peugeot 307. Eles foram presos no bairro Chácara Cachoeira.

Foto: Ivan Silva
Foto: Ivan Silva

Os traficantes alugaram uma casa no bairro Nossa Senhora das Graças, onde a polícia encontrou 12 quilos de maconha, uma porção de cocaína, dois comprimidos de êxtase, além de celulares, balanças e dois carregadores de pistola.

Segundo Sartori, o trio praticava o crime há pelo menos um ano. “Eles disseram que faturavam em média R$ 30 mil por mês e faziam de 20 a 30 entregas por dia. Como eles não vendiam na própria residência, não havia nada que levantasse suspeita de que eles fossem traficantes”, disse o delegado.

O trio foi preso e permanece à disposição da Justiça em uma das celas da Denar.

Comentários

comentários