Secretário de Saúde fala das ações para próxima gestão: ‘A regionalização precisa e vai continuar’

Michael Franco

Secretário de Estado de Saúde Carlos Coimbra nos estúdios da Capital 95 FM (Foto: Arquivo/Página Brazil)

O secretário de Estado de Saúde Carlos Coimbra participou do programa Tribuna Livre da rádio Capital 95 FM, na manhã desta segunda-feira (05). Ele falou sobre os feitos no setor até agora e os desafios para a próxima gestão com Reinaldo Azambuja reeleito. Um dos assuntos tratados foi a regionalização da saúde, bandeira de campanha do governador e alvo de críticas do adversário. Coimbra rebateu:

“A regionalização já acontece no nosso estado. A gente pode destacar os leitos de UTI que já estão em pleno funcionamento, em municípios que não tinham, como Nova Andradina, Aquidauna […] além das obras que estão em fase de construção e fase avançada. Agora a gente já liberou para licitação nove reformas do Hospital Regional de Campo grande. Então essas ações de regionalização permitiram o início dessa ação, desafogando Campo Grande, mas ainda não é o suficiente para atender a população do Estado. Por isso que a regionalização precisa e vai continuar na gestão do governador Reinaldo Azambuja”.

Outro assunto tratado foi a Caravana da Saúde, mais um tema polêmico durante a campanha eleitoral. A atual gestão recebia avaliações negativas dizendo que após os procedimentos, pacientes ficavam desamparados. Quanto a isso, Coimbra desmentiu. “Para total cuidado desses pacientes, nós exigimos das empresas que se credenciaram para fazer a Caravana que elas tivesses um ‘0800’ 24 horas para atendimento dessa população e que elas tivessem também em Campo Grande, uma clínica fixa para atender as intercorrências da ação da caravana”.

Perguntado sobre a Santa Casa de Campo Grande, o secretário destacou o apoio do governo estadual na finalização e funcionamento da obra do Hospital do Trauma, que estava parada há mais de 20 anos. “O Hospital do Trauma entrou em funcionamento graças à garantia e o aporte de recursos do estado, da ordem de R$ 2 milhões mensais. Recebemos agora, a portaria do governo Federal fazendo aquele aporte prometido em março de R$ 6 milhões, para que a Santa Casa como Hospital do Trauma entre em plano funcionamento até dezembro de 2018 e começa 2019 a todo vapor”.

Hoje (05) foi iniciada a campanha Novembro Azul em todo o estado com foco total na saúde do homem, destacando o tratamento e prevenção do câncer de próstata. “A gente reforça a importância de despertar na população a vontade de cuidar da saúde. Da prática de exercícios físicos, da visita ao médico, fazer os exames de rotina, caso tenha uma doença que ela seja detectada precocemente”.

Veja a entrevista completa:

Posted by Capital 95 FM on Monday, November 5, 2018

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira seu cometário!
Por favor, insira seu nome aqui