Davi se surpreende com anuncio antecipado para comandar ‘Cassems’ no IMPCG

Lauro Davi, novo presidente do IMPCG (Reprodução)
Lauro Davi, anunciado novo presidente do IMPCG 

O prefeito eleito Marquinhos Trad (PSD), anunciou hoje o primeiro nome de sua equipe na prefeitura, que será o ex-deputado estadual Lauro Davi, como diretor-presidente do IMPCG (Instituto Municipal de Previdência de Campo Grande). Apesar de ter recebido convite e conversado com o futuro chefe do Executivo, Davi, que também já foi diretor-presidente da Cassems, ficou surpreso com a declaração feita em primeira mão na manhã desta segunda-feira (5), no grupo Capital de Comunicação, pelo programa Tribuna Livre, da rádio Capital 95FM e no Página Brazil. Trad, apesar de dizer que ainda não é 100% oficial, pois precisa da confirmação de Davi e que quer anunciar todos os nomes juntos, mencionou que ele será o novo comandante do IMPCG para aplicar o modelo de sucesso da Cassems (Caixa de Assistência do Servidor Estadual de Mato Grosso do Sul).

Davi falou com a reportagem ratificando o convite, que disse ser da cota pessoal do prefeito eleito e que já está encaminhando ou tomando conhecimento da pasta para aplicar o ‘plano Cassems’ de forma ainda melhor se possível. “Até onde eu saiba o secretariado está 90% escohido e fui agraciado em sair como primeiro nome, apesar de não ser o principal, teremos uma grande missão para restruturar o Instituto, mexe com o servidor e leva o recurso público. O prefeito conversou comigo e tem preocupação de dar uma ‘arribada’ no modelo e fazer o melhoramento e ou mesmo refazer da forma Cassems, que conseguiu sua eficacia e eficiencia no setor muito mairo do Estado”, comentou.

Pela manhã, em entrevista concedida ao PáginaBrazil.com, Marquinhos Trad disse que escolheu Lauro Davi por sua experiência como um dos idealizadores e executor, presidente da Cassems. “O IMPCG necessita de reformulação e nada melhor, que o novo comandante do Instituto, que já fez isso no órgão estadual, seja o Lauro. Ele desenhou e organizou toda a estrutura da Cassems para se transforma no que temos hoje, por isso a escolha dele para o

Trad no estúdio da Capital 95 FM (Foto: Michael Franco)
Estúdio da Capital 95 FM (Foto: Michael Franco)

instituto da previdência de Campo Grande.”, afirmou Trad.

O escolhido para o IMPCG ressaltou a deferência pelo seu chamamento e ratificou que está fazendo ou mesmo irá pedir um diagnostico tanto para conhecer além do que se sabe, como para ver mesmo o modelo a ser aplicado. “O convite vem da chamada cota pessoal do prefeito e não tem a questão política, até porque o meu partido não o apoiou e eu que me rebelei na época e acreditava mais no projeto de Marquinhos. E como isso, ficamos diretamente na área técnica e em uma questão de acertar o mais rápido possível e queremos acertar. Espero ter um diagnostico para ver o modelo, seja o da Cassems e ou aperfeiçoando ainda mais, até ter ou fazer um melhor, pois os servidores aqui e a questão são menores. Assim, a qualidade tem que ser igual ou melhor”, avaliou Davi.

Diagnostico lembra a projeção da Cassems

Davi ao mencionar ter que ver o diagnostico para após fechar o “modelo”, lembrou do inicio da gestação do que hoje, é considerado sucesso pela Cassems. Ele afirma que na Capital pode ou não haver a separação das áreas, pois o volume é menor e se realmente há necessidade.

“Quando se pensou a Caixa de Assistência, já era um momento critico e crucial, como parece ser na Capital. E como fizemos na época do então Previsul, que era tudo junto Previdência e Saúde do servidor, foi levantado todo o diagnostico e planejado por tempo para ser implantado realmente. Não surgiu somente da vontade de arrumar ou mudar algo. E assim temos que fazer novamente, mas ver se haverá necessidade extrema, pois no Estado se fez o MS Previ que é estatal e a Caixa é vinculada ao governo, mas de forma independente e privada. Aqui a parte da Previdência não se tem reclamação, que tínhamos lá, o pior aqui é na Saúde que peca e se fala que não tem atendimento ou é deficitário ou ma aplicado, apesar de haver uma rede”, explicou Davi, que lembrando completou “Projetos temos aqui e vamos ver o fazer diretamente e melhor”.

Anúncio secretariado

Hoje pela manhã, o prefeito eleito Marquinhos Trad disse que possui 90% do secretariado pronto e que revelará todos os nomes em uma entrevista coletiva para toda a imprensa no máximo até a próxima terça-feira (13). O argumento é que ainda aguarda a confirmação de alguns nomes para completar seu plantel de secretários e secretárias.

Comentários