Cruzeiro iguala Palmeiras e se torna melhor time do returno do Brasileiro

A vitória sobre o América-MG, na noite dessa quinta-feira (8), fez com que a realidade na Toca da Raposa II seja outra. O Cruzeiro iguala o aproveitamento do Palmeiras e é a melhor equipe do segundo turno do Campeonato Brasileiro.

Técnico Mano Menezes (Foto: Divulgação)
Técnico Mano Menezes (Foto: Divulgação)

São 10 pontos (três vitórias e um empate) em quatro partidas disputadas. O resultado ainda coloca a equipe no 12º lugar, melhor posição desde o início do torneio.

A caminhada do time de Mano Menezes no returno da competição nacional se iniciou com o empate em 2 a 2 diante do Coritiba, no estádio Independência. Na sequência, a equipe venceu o Figueirense por 2 a 1 no Orlando Scarpelli, em Florianópolis. Diante de Santa Cruz (no Mineirão) e América-MG (no Campo do Horto) os triunfos foram idênticos: 2 a 0.

Mesmo com a campanha idêntica à do líder Palmeiras na segunda metade do Brasileirão e a chegada a uma posição inédita (12º lugar), o técnico do Cruzeiro evita projeções maiores e se limita à luta contra o descenso.

“Agora temos que olhar aqui. Se sairmos dessa situação lá na frente, poderemos falar de outro assunto, de outras ambições. A tendência das pessoas é achar que as coisas vão acontecer naturalmente e não se ganha de ninguém sem fazer muito esforço”, afirmou.

O pensamento do treinador tem um motivo simples: ele crê que o Cruzeiro ainda necessita de ajustes. Este fator impede que os seus comandados sonhem com a possibilidade de chegar ao G-4 nas atuais circunstâncias.

“Eu vejo que o Cruzeiro é uma equipe em formação e todas as equipes em formação precisam de correções. A gente enxerga muito as oportunidades que a equipe tem nos primeiros minutos. Os jogadores do Cruzeiro são muito inteligentes para fazer isso. Por isso, temos melhorado. O outro lado também tem estratégia e as nossas escolhas são boas. O importante é fazer mais gols que eles no final do jogo”, concluiu.

Comentários

comentários