Cruzeiro faz de novo três no Verdão, mas agora vence no Mineirão

Lance!

Em uma prévia das quartas de final da Copa do Brasil, o Cruzeiro fez mais uma vez três gols no Palmeiras, mas desta vez correu menos riscos e venceu, por 3 a 1, no Mineirão. Depois do jogo eletrizante em São Paulo há dez dias, os times agora duelaram no Brasileiro e no dia 26 se reencontram pela copa.

O enredo desta tarde teve algumas semelhanças com o 3 a 3 no Allianz Parque: o Verdão com início promissor, mas minado pela eficiência celeste quando teve chances.

O Palmeiras começou melhor no Mineirão, com quase 70% de posse de bola, mas com poucas chances criadas contra o gol de Fábio. Na principal jogada alviverde, Róger Guedes ganhou em velocidade e foi derrubado pelo zagueiro Murilo Cerqueira dentro da área. O árbitro Péricles Bassols nada marcou.

Depois de 12 minutos, Thiago Neves recebeu bom passe de Alisson e marcou um belo gol, com pouco ângulo, após Luan não acompanhá-lo até o fim, e Prass sair de forma atrapalhada. Ali o time de Cuca começou a desmoronar, até que o chute de Lucas Romero foi desviado por Hudson na entrada da área e matou Prass, que no domingo fez 39 anos.

Novamente o Verdão começava um segundo tempo contra o Cruzeiro em desvantagem. A entrada de Keno deu fôlego pelo lado esquerdo, mas Róger Guedes, pela direita, foi quem liderou o time na etapa final. Veio dele a assistência para Willian descontar o placar. Logo após o gol, Fábio pedia calma a seus companheiros, e o Palmeiras pressionava. No abafa, com Mina jogando de atacante, parecia que o empate mais uma vez viria, mas não aconteceu.

Nos acréscimos, Élber teve duas oportunidades, a primeira defendida por Prass, mas na segunda completou para o gol e fechou o placar.

Fim da série de quatro vitórias seguidas do atual campeão no Brasileiro; já a Raposa recuperou-se depois da derrota para o Atlético-MG no domingo passado. Mano Menezes havia prometido após o clássico que seu time não tomaria três gols no jogo seguinte. Promessa cumprida.

Com 19 pontos, o Palmeiras agora está a 13 pontos do líder Corinthians, o rival na próxima quarta-feira. O Cruzeiro, com 17, reaproximou-se da briga pelas primeiras posições. A equipe mineira vai visitar o Atlético-PR, também na próxima quarta.

Comentários