Cruzamento sem sinalização e com mato alto causa acidente no Atlântico Sul

Um cruzamento sem sinalização e uma área com matagal estão tirando o sono de quem precisa passar pela rua Macunaíma, na esquina com a Avenida Rodoviária, no bairro Atlântico Sul, na Capital.

O Página Brazil, por meio do Whatsapp, recebeu na manhã desta segunda-feira (25), fotos de um acidente que ocorreu no cruzamento. Sem nenhuma sinalização, dois carros se envolveram em um acidente. Felizmente, ninguém ficou ferido.

Foto: Divulgação/ Whatsapp
Foto: Divulgação/ Whatsapp

A equipe de reportagem do Página Brazil foi até o local e conversou o morador que fez a denúncia, que se identificou apenas como Cláudio, 42 anos. Morando no bairro há 15 anos, o morador afirma já ter presenciado desde roubos, acidentes, até estupro na rua Macunaíma.

Por ser um bairro considerado novo, ainda existem bastante terrenos sem construção no local, porém o que incomoda a todos os moradores da rua é um terreno que a prefeitura usa para jogar entulhos. Segundo Cláudio, várias reclamações já foram feitas. “Já entrei em contato com a prefeitura, fui direto na secretaria de obras, mas nada foi feito. Sempre falam que vão resolver o problema, mas nunca resolvem. Eles deveriam ser os primeiros a dar exemplo, manter o terreno limpo e jogar o lixo no lugar correto”, disse.

DSC_0014
Segundo morador, terreno é criadouro do mosquito Aedes Aegypit. Foto: Kerolyn Araújo

Ainda segundo o morador, com a falta de sinalização e com o mato alto, quase diariamente ocorrem acidentes no cruzamento, sendo os motociclistas a maior parte das vítimas. “Além das colisões, existem outros problemas como a dengue, o zika vírus, a falta de segurança para quem mora na região e tem que passar pelo local no período da noite. Há algum tempo, uma mulher foi estuprada nesse local”, contou Cláudio.

Na rua Albatroz, no bairro vizinho, Morada Verde, bem próximo à rua Macunaíma, encontramos metade de uma árvore seca caída, ocupando uma parte da via. Segundo moradores, a planta está no local há mais de quatro meses.

DSC_0016
Árvore caída na sua Albatroz, no Morada Verde. Foto: Kerolyn Araújo

Entramos em contato com a prefeitura, mas não tivemos retorno até o fechamento da matéria.

Kerolyn Araújo

Comentários

comentários