Cristiano Ronaldo quer superar Messi em Bolas de Ouro: ‘Eu mereço’

Placar/JP

Messi, Cristiano e Van Dijk disputam o prêmio da Fifa na próxima segunda (Foto: Harold Cunningham/Getty Images)

Cristiano Ronaldo tem dado diversas demonstrações de carinho e admiração por Lionel Messi, a quem até convidou para jantar, mas voltou a colocar lenha na fogueira sobre quem é o melhor jogador de sua geração. Os dois estão empatados como os maiores vencedores dos prêmios de melhor jogador do mundo, com cinco cada, e o atacante português acredita que mereça terminar a carreira à frente nesta disputa.

“Messi está na história do futebol, mas penso que devo ter seis, sete ou oito Bolas de Ouro para ficar acima dele. Gostaria muito que isso acontecesse, mereço isso”, disse Cristiano Ronaldo em entrevista à rede britânica ITV na última terça-feira 17.

Na próxima segunda-feira, 26, em Milão, Cristiano, Messi e o zagueiro Virgil Van Dijk, do Liverpool, disputará o prêmio The Best, da Fifa, que desde 2016 voltou a ser entregue de forma independente com o fim da parceria com a revista France Football, que entrega a Bola de Ouro desde 1956.

Ao falar de sua relação com o argentino, Cristiano Ronaldo mais uma vez indicou que um impulsionou a carreira do outro. “Eu e o Messi não somos amigos ‘de casa’, mas compartilhamos o palco durante 15 anos. Eu sei que ele me empurrou para ser melhor e eu fiz o mesmo a ele. É o melhor jogador que já enfrentei. Sem dúvida.”

Cristiano, de 34 anos, disse que se vê como o melhor jogador de todos os tempos, mas não se importa com o julgamento alheio. “Para mim, sou o número 1 da história. Para alguns fãs, pode ser outro pessoa. Se me acham o segundo melhor, não me importa. Eu sei que estou entre os maiores da história do futebol.”

Mais artilheiro da história do Real Madrid, da seleção portuguesa, da Liga dos Campeões, entre outras marcas, Cristiano disse que seus recordes são resultado de muito sacrifício. “O importante é o esforço, a dedicação, o trabalho duro … O talento simplesmente não é o suficiente. Se você não se dedicar 100%, não terá o nível que deseja. É parte do meu sacrifício, minha obsessão em vencer, de ter sucesso. Eu não persigo os recordes, os recordes me perseguem”

Cristiano Ronaldo estará em campo quarta-feira pela Juventus, em duelo contra o Atlético de Madrid, às 16h (de Brasília), no Wanda Metropolitano, pela primeira rodada da Liga dos Campeões.

Comentários