Criança que perdeu pais em acidente continua em estado grave na Santa Casa

A menina de cinco anos que sobreviveu ao acidente que matou seus pais na tarde desta sexta-feira (13), na BR-060, em Sidrolândia, continua em estado grave no Centro de Terapia Intensiva (CTI), da Santa Casa de Campo Grande.A criança sofreu traumatismo cranioencefálico (TCE), além de várias fraturas pelo corpo.

O acidente que deixou a menina órfã foi uma colisão frontal de dois carros. No veículo com a criança estavam seu pai, de 40 anos, e sua mãe, de 43 anos. A família é do Espírito Santo. Eles haviam chegado na manhã de sexta-feira a Campo Grande e alugaram um carro para seguir até Bonito.

No outro carro, que vinha no sentido contrário, estava uma mulher de 33 anos. A polícia suspeita que o acidente tenha sido provocado por uma tentativa de ultrapassagem deste veículo e que, quando os dois condutores ficaram na mesma faixa da pista tentaram evitar a batida jogando os carros para o acostamento, porém não conseguiram.

Comentários