Criança desaparecida foi violentada até a morte, acredita polícia

Da Redação

Criança está desaparecida desde o dia 25 de junho (Foto: Reprodução)

O menino Kauan Andrade Soares do Santos, 9 anos, desaparecido a cerca de um mês, foi abusado até a morte, de acordo com a Polícia Civil de Campo Grande. A criança, conforme a Depca (Delegacia Especializada de Proteção à Criança e ao Adolescente), foi violentada por um homem de 38 anos que não teve o nome revelado. Um adolescente de 14 anos participou do crime.

Segundo o delegado responsável pelo caso, Paulo Sérgio Lauretto, depois de matar a criança, o homem e o adolescente jogaram o corpo no rio Anhanduí. O suspeito foi preso e nega o crime. Ainda conforme a Polícia Civil, ele levava as crianças para casa oferecendo dinheiro em troca de abuso sexual.

“Infelizmente, os indícios são fortes de que realmente houve um homicídio e que essa criança faleceu no interior da casa […] Esse cidadão, que agora encontra-se preso, tinha costume de abordar crianças e atrair para a casa dele, onde ali corrompia essas crianças”, explicou Lauretto.

Na casa do suspeito foram encontrados vestígios de homicídio e materiais pornográficos envolvendo crianças e adolescentes.

Após ser apreendido, o adolescente de 14 anos confessou  sua participação no crime. Ele será encaminhado para uma Unei (Unidade Educacional de Internação).

O Corpo de Bombeiros realiza buscas no rio Anhanduí, na Capital, após informações de que alguém teria jogado um corpo no rio.

Durante as buscas, um saco preto com cabelo foi encontrado. A perícia deve analisar o material.

Kauan desapareceu depois de sair para brincar no dia 25 de junho. Desde então a família procura por ele em várias regiões da cidade. A família recebeu várias informações sobre possíveis localizações do menino, mas nenhuma se concretizou.

O homem preso vai responder pelos crimes de homicídio, ocultação de cadáver, estupro de vulnerável e exploração sexual. Segundo a polícia, ele teria feito, pelo menos, outras duas vítimas.

Comentários

comentários