Criador do Orkut lança nova rede social

Objetivo da Hello é fazer com que os relacionamentos na web voltem a ser divertidos: ‘Medo e ódio não têm lugar’

A nova rede social do turco Orkut Buyukkokten, criador do extinto Orkut, promete abalar as estruturas da Internet. Já disponível em alguns países, Austrália, Nova Zelândia, Estados Unidos e Canadá, o Hello está previsto para chegar ao Brasil em agosto desse ano.

Layout do Hello, rede social criada pelo idealizador do famoso Orkut Foto: Reprodução/Internet
Layout do Hello, rede social criada pelo idealizador do famoso Orkut Foto: Reprodução/Internet

Na página oficial, já há um campo para que brasileiros realizem um pré-cadastro, fornecendo nome e e-mail, para que sejam avisados quando a novidade entrar no ar por aqui. A ideia dessa rede é que ela promova relações e amizades baseadas nos gostos em comum dos usuários, com a proposta de tentar ser uma rede social bem mais amigável, sem discursos de ódio ou outro tipo de ataque pessoal, como no Facebook: “Medo e ódio não têm lugar”, diz Buyukkokten.

Fim do Orkut

Sucesso absoluto no Brasil na década passada, o Orkut chegou ao fim em 2014. Na época, seu criador anunciou que estaria fundando uma nova startup, uma pequena empresa chamada Hello Network, que seria encarregada de criar uma nova rede social, a Hello.

Com isso, a Hello é chamada pelos próprios criadores como “a próxima geração do Orkut”, o que pode ser um indicativo do que devemos esperar das novidades nesta rede social, seja por meio de interação com a plataforma ou forma de se comunicar que ainda previlegia nichos e comunidades.

Até o momento, a Hello parece funcionar apenas por meio de aplicativo para smartphones, disponível para Android e iOS. No vídeo oficial da plataforma no YouTube, Orkut Buyukkokten aparece demonstrando o app e sua interface amigável e simples no celular.

Com poucos toques, é possível navegar por meio das Personas, comunidades que unem pessoas com gostos em comum com visual que mixa Facebook e Instagram, e também se conecta a novos contatos por meio delas. “Queremos fazer com que os relacionamentos sejam novamente divertidos”, diz o criador.

Comentários

comentários