Credigente na Comunidade atende potenciais empreendedores no Jardim Tarumã

Dezenas de pessoas participam da terceira semana do projeto Credigente na Comunidade que está sendo realizado nesta quinta-feira (23) na Associação de Moradores do bairro Jardim Tarumã. O projeto, idealizado pela atual gestão, presidida por Cícero Ávila, será levado a diversos bairros da Capital, permitindo o acesso ao crédito com juros atrativos, novas linhas de crédito e menos burocracia a famílias de baixa renda.

Construtor há mais de cinco anos, Paulo Reginaldo dos Santos, ficou sabendo sobre a ação pela televisão e não perdeu a oportunidade de ir até o local para saber mais sobre o programa do microcrédito. Com vontade de ampliar o estoque para atender melhor seus clientes, o construtor foi sanar suas dúvidas para agilizar o processo. “Quando conheci o programa Credigente, fiquei empolgado em aumentar meu estoque, as taxas de juros são muitos boas, é só a gente se programar que dá certo”, comenta.

Já a empregada doméstica Elvira Jesus de Farias, saiu bastante empolgada após o atendimento dos agentes de crédito. “Quero deixar de ser empregada para ser patroa”, comenta ao informar que seu sonho é abrir uma fábrica de salgados congelados. “Como trabalho o dia todo, quase não tenho tempo para fazer meus salgados, mas sempre que dá, faço para a família e alguns amigos compram”, fala confiante. Para ela, a possibilidade de conseguir um empréstimo vai alavancar seu sonho de se tornar microempresária. “Vim conhecer o Credigente e saí daqui confiante de que meu sonho pode se tornar realidade”, finaliza.

O Credigente tem permitido a pequenos empreendedores a abertura e/ou a ampliação de pequenos negócios. Desde julho de 2014, mais de 120 pessoas conseguiram o financiamento. Para o diretor-presidente da Funsat, Cícero Ávila, o objetivo do programa não é somente o de promover o financiamento, mas o compromisso com o sucesso dos empreendimentos financiados. “O Credigente tem possibilitado reduzir o índice de pobreza e da desigualdade social, além de auxiliar na implantação e no desenvolvimento de micro e pequenos negócios, gerando assim a mais oportunidades de emprego e renda para a população com menos poder aquisitivo”, comenta.

Para o vendedor de garapa, Clóvis de Lucce, a oportunidade que o Credigente oferece é uma grande vantagem para quem quer iniciar seu próprio negócio. “Vim conhecer e ver as vantagens do programa, para poder falar para o meu filho. Ele não pôde vir, mas pela conversa que tive com o pessoal, vi muitas vantagens e gostei”, comenta.

Credigente

O Programa de Microcrédito Produtivo e Solidário tem como objetivo auxiliar na implantação e desenvolvimento de micro e pequenos negócios, por meio do financiamento de fácil acesso e da assistência e orientação aos empreendedores formais e informais, visando ampliar as oportunidades de geração de emprego e renda para a população.

A Funsat lançou novas linhas de crédito, reduzindo as taxas de juros, tornando o crédito mais barato para os empreendedores, com uma equipe técnica altamente qualificada e ampliada para garantir um atendimento mais ágil para a população. Além disso, novos convênios foram assinados com instituições parceiras visando garantir a política de assistência e orientação ao crédito.

Beneficiários e linhas de crédito financiáveis: as linhas de crédito atendem os empreendedores formais e informais com capital de giro,
capital fixo e misto bem como os seguintes segmentos econômicos: moto taxistas, moto entregadores, vendedores ambulantes, empreendedores de economia solidária e micros empreendedores individuais.

Dentre os itens financiáveis pelo Credigente estão: capital de giro, matéria-prima, mercadorias, máquinas e equipamentos, reformas e ampliações e bens destinados à atividade produtiva.

Comentários

comentários