CR7 culpa presidente do Real por sua saída e fala sobre caso de estupro

Redação

A revista ‘France Football’ divulgou alguns trechos de uma entrevista exclusiva de Cristiano Ronaldo. A entrevista completa está prevista para ser publicada nesta terça-feira (30). Entre os temas da entrevista, o jogador falou da acusação de estupro que está sofrendo, os motivos que o fizeram sair do Real Madri e o fizeram ir para o Juventus.

Cristiano revelou que a principal razão da sua saída do time espanhol foi o presidente Florentino Pérez.

– Sentia que no interior do clube, sobretudo por parte do presidente (Florentino Pérez), não me consideravam da mesma forma. Os quatro ou cinco primeiros anos tinha a sensação de ser Cristiano Ronaldo. Depois não. O presidente me olhava de uma forma diferente, como se não fosse mais indispensável – revela o português.

Sobre o assunto estupro, o craque disse que a acusação interfere e muito na sua vida e da sua família.

– Claro que a história interfere na minha vida. Tenho uma noiva, quatro filhos, uma mãe, irmãs, um irmão, uma família da qual me sinto muito próxima. Sem contar a minha reputação, que é de alguém exemplar – disse Ronaldo

Ronaldo disse que sua ida para o Juventus não for por causa de dinheiro, pois a China tinha oferecido muito mais.

– Se fosse por questão de dinheiro teria ido para a China, que ofereciam cinco vezes mais. Não vim para a Juventus por causa de dinheiro, ganhava o mesmo que em Madrid, inclusive mais. A diferença é que a Juventus me desejava de verdade. E me demonstraram isso – finalizou

Comentários