CPTM reorganiza trens em linha paralisada sob suspeita de bomba

A Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) informou que está reorganizando o carrossel de trens para que a circulação volte ao normal na Linha 11-Coral, paralisada desde as 6h10 de hoje (11) por causa de um objeto suspeito deixado na Estação Guaianases. O artefato estava acoplado a um celular e amarrado dentro de uma sacola.

Metrô de São Paulo - Governo de São Paulo/Arquivo
                    Metrô de São Paulo – Governo de São Paulo/Arquivo

Na Estação Itaquera, também na Linha 11-Coral, que fica paralela à estação de metrô de mesmo nome, foi encontrado outro objeto com três tubos enrolados com fita crepe, contendo um visor. A circulação de trens entre as estações Antônio Gianetti Neto e Tatuapé foi interrompida.

Segundo a Polícia Militar, os objetos já foram removidos das estações e o Esquadrão de Bombas está fazendo a análise para descobrir se são bombas. A Polícia Militar ainda não confirma se eram explosivos.

Agência Brasil

Comentários

comentários