CPI do Genocídio realiza reunião extraordinária nesta 2ª feira

Membros da CPI em audiência já realizada (Foto: arquivo AL-MS)
Membros da CPI em audiência já realizada (Foto: arquivo AL-MS)

A CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) do Genocídio que investiga a ação/omissão do Estado nos casos de violência praticados contra os povos indígenas entre 2000 e 2015 realiza reunião extraordinária nesta segunda-feira (21).

Hoje, a CPI programou e convocou os depoimentos do professor da Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD), Neymar de Souza e a indígena Valdelice Verón, da Aldeia Taquara que fica no município de Juti. As oitivas são abertas ao público e à imprensa.

A Comissão é formada pelos deputados João Grandão (PT) como presidente, Mara Caseiro (PSDB) como vice-presidente, Antonieta Amorim (PMDB) como relatora e ainda Paulo Corrêa (PR) e Professor Rinaldo (PSDB) como membros.

A reunião está programada para acontecer a partir das 9h no Plenário Deputado Júlio Maia, na Casa de Leis.

Matéria: Lúcio Borges

Comentários

comentários