Corrida MS Contra a Corrupção fecha calendário da Fundesporte

Mais de mil pessoas participaram, no último domingo, da “1ª Corrida MS Contra a Corrupção”, evento que encerrou o calendário 2016 da Fundesporte. Os percursos de 7km (corrida) e 5km (caminhada) começaram em frente à entrada do Museu Dom Bosco, no Parque das Nações Indígenas e seguiram pelas ruas do Parque dos Poderes. O principal objetivo foi usar o esporte com forma de chamar a atenção das pessoas sobre a necessidade de maior participação do povo no controle das ações de governantes, parlamentares e gestores.
“É nosso ultimo grande evento do ano e foi especial porque conseguimos unir a necessidade de atividade física pela população e um tema tão importante como o combate à corrupção. Foi mais uma parceria de sucesso, desta vez com a Rede de Controle”, disse o diretor-presidente da Fundesporte Marcelo Miranda.
“Foi um evento muito bom porque o esporte consegue integrar as pessoas e funcionar como mais um meio de combater a corrupção. Nós da Rede de Controle estamos trabalhando para acabar com a sensação de impunidade e ajudar a mudar um comportamento porque a corrupção atinge a sociedade como um todo. Temos certeza de que faremos outra corrida e teremos ainda mais adesões”, falou o promotor de justiça Romão Ávila Junior.
A chuva não espantou os mais animados que ainda tiveram o desempenho favorecido pelo tempo fresco. O primeiro a completar o percurso foi Andre Rodrigues do Nascimento “Foi bom. O tempo ajudou mas o percurso é difícil, pesado. Eu não conhecia a pista nem os adversários mas foi uma ótima experiência”  contou.
Além de estimular a prática de atividade física e ajudar no combate à corrupção, a corrida ainda permitiu que várias pessoas recebessem doações. Para participar do evento, o interessado devia doar 2 kg de alimentos não perecíveis. Foram arrecadadas 4 toneladas, que serão distribuídas para entidades de assistência.
“É uma ótima forma de terminarmos um ano repleto de realizações. Mesmo com dificuldades financeiras, realizamos diversos eventos de esporte e lazer e, temos certeza de que 2017 será ainda melhor”, avaliou Marcelo Miranda.
Foram parceiros na realização da “1ª Corrida MS Contra a Corrupção”: Rede de Controle da Gestão Pública, Auditoria-Geral de MS, Ministério Público de MS, CGU, Fundesporte e Governo do Estado de Mato Grosso do Sul.

Comentários