Corpo enterrado de cabeça para baixo é de menina de 13 anos desaparecida há 3 meses

Da Redação

O corpo encontrado enterrado de cabeça para baixo, em uma casa, na cidade de Chapadão do Sul a 335 quilômetros de Campo Grande seria de uma adolescente de 13 anos, identificada como Rosângela Lopes dos Santos Ribeiro, que estava desaparecida a 90 dias. A dona da casa foi presa pela polícia. O corpo foi encontrado na noite desta quarta-feira (22).

Autor ainda é procurado pela polícia (Foto: O Correio News).

A dona da casa foi presa pela polícia nesta quarta (22) e não deu detalhes dos motivos para o assassinato da garota, que foi encontrada enterrada com os pés e mãos amarrados e com saco plástico na cabeça. A suspeita, apenas, disse à polícia que a menina foi mantida em cativeiro e depois assassinada por um homem muito perigoso, e que sua participação no crime se resumiu a emprestar a casa e limpar o sangue da vítima, que não teve o nome revelado pela polícia.

A mulher presa acusada de participação no crime teria várias passagens por envolvimento com drogas, segundo o site O Correio News. O corpo estaria enterrado na residência a pelo menos dois meses. A polícia agora tenta localizar o autor do crime.

Uma denúncia anônima levou os policiais a casa onde estava o corpo. Segundo a polícia, a pessoa que fez a denúncia disse onde o corpo estava e deu detalhes como foi enterrado.

Aos fundos da casa existe um pequeno espaço, onde os autores, ou autor, cavou e enterrou o corpo em volta de um lençol. Posteriormente, foi colocado uma “carriola” sobre o local para dificultar a visão da terra remexida. O local é uma casa afastada, a uns 10 metros da rua. Mesmo abandonada, ainda há moveis em seu interior.

Comentários