Corpo do ex-prefeito Oscar Goldoni é sepultado em Ponta Porã sob forte comoção

Precisamente as 14h30min, no anfiteatro do Paço Municipal da Prefeitura de Ponta Porã, teve inicio a celebração de corpo presente do ex-prefeito Oscar Goldoni, conduzida pelo pároco da igreja Matriz São José, Paulo de Souza e contou com a presença de um grande numero de familiares que residem não só em Ponta Porã, mas em Campo Grande e no Rio Grande do Sul, amigos e correlegionários políticos.

Foto: Tião Prado (Pontaporainforma)
Foto: Tião Prado (Pontaporainforma)

Em seguida, o corpo de Goldoni foi colocado no veiculo funerário que conduziu o cortejo até o cemitério Cristo Rei. Chegando no local, o caixão foi conduzido até junto ao cruzeiro central onde foi aberto e as pessoas puderam dar o ultimo adeus ao amigo, politico e empresário Oscar Goldoni que foi brutalmente assassinado na manhã de terça-feira (15), em Ponta Porã.

O corpo de Goldoni foi sepultado no mesmo jazido em que está o corpo de seu filho caçula, Pedro Afonso Goldoni, que faleceu de forma trágica.

foto: Tião Prado (Pontaporainforma)
foto: Tião Prado (Pontaporainforma)

Um grande número de populares acompanharam o cortejo até o cemitério e deram o ultimo adeus a Oscar Goldoni.

Quando o caixão com o corpo de Oscar Goldoni foi colocado no jazigo as pessoas presentes deram um grande salva de palmas em homenagem ao que Goldoni representou na cidade e no estado.

CRIME

O ex-prefeito, ex-deputado estadual, Federal e empresário Oscar Goldoni foi assassinado quando saia do prédio do Detran MS, no grande Marambaia, por volta das 11h40min desta terça-feira, dia 15 de setembro de 2015.

Segundo uma testemunha, Oscar Goldoni estava dentro do prédio do Detran, onde tratava da renovação de sua carteira Nacional de Habilitação, em seguida saiu do prédio e se dirigiu a sua caminhonete uma Toyota Hillux, de cor prata placa QOH 4966 de Ponta Porã, que estava estacionada em frente ao orgão de transito, quando ao abrir a porta de seu veículo foi surpreendido por pistoleiros que estavam em uma caminhonete de cor escura que ao ver a vitima abriram fogo em sua direção com armas de grosso calibre sendo um fuzil 5.56 e pistola 9 mm. Goldoni ainda chegou a reagir realizando aproximadamente 11 disparos de pistola 9 mm em direção aos pistoleiros, mas não se tem informação se alguém ficou ferido.

Oscar Goldoni foi executado com cinco tiros de fuzil e de pistola na cabeça  (Foto: Divulgação)
Oscar Goldoni foi executado com cinco tiros de fuzil e de pistola na cabeça
(Foto: Divulgação)

Goldoni não resistiu aos ferimentos e morreu no local do ataque, onde agentes da Policia Militar isolaram a área ate a chegada dos peritos da Policia Civil que realizaram os procedimentos de rigor e recolheram varias cápsulas e munições não deflagradas que se encontravam nas imediações da execução.

Com In formações Ponta Porã Informa

Comentários

comentários