Corpo de recruta é encontrado no Rio Tietê a uma profundidade de 12 metros

O corpo do jovem recruta andradinense, Washington Luiz Amorim, de 19 anos, que servia o Exército na 2ª Companhia de Três Lagoas, foi encontrado na manhã deste sábado (12) por volta das 9h30m pela equipe do Corpo de Bombeiros de Pereira Barreto.

14rec

O corpo do rapaz foi encontrado no fundo do rio Tietê a uma profundidade aproximada de 12 metros, próximo a ponte, local do acidente, segundo os homens do Corpo de Bombeiros, provavelmente o recruta tenha se afogado após a queda no rio, tendo em vista que não havia marcas de ferimentos em seu corpo. A pele e um dos olhos do rapaz foram comidos por peixes, deixando o desfigurado.

A imprensa, alguns familiares e amigos, não puderem se aproximar do local onde o corpo foi deixado, por um pedido do Major da 2ª Companhia de Três Lagoas que acompanhou o tempo todo o trabalho de perícia até ser retirado o corpo do local.

O pai de um amigo que também servia o Exército com Washington e que vendeu o veículo para o recruta, disse que o jovem tinha sonhos de seguir carreira Militar no Exército Brasileiro; “Ele disse que ficaria pelo menos 8 anos no Exército, pois gostava da carreira Militar”.

Ainda segundo ele, Washington teria pago 3 mil reais pelo Vectra, mas enfatizou que o veículo precisava de uma série de reparos, por se tratar de um carro muito velho. Porém ele acredita que o acidente tenha sido provocado pela pouca experiência do rapaz ao volante e não por problemas mecânicos.

O recruta morava com a mãe, uma comerciante, proprietária de um bar localizado em frente sua casa, na Cohab Gasparelli em Andradina.

O corpo do rapaz foi encaminhado para o IML de Pereira Barreto e posteriormente será liberado para a família realizar o enterro que deve acontecer em Andradina, porém ainda não há previsão do horário do velório.

A Verdade Online

Comentários

comentários