Corpo de douradense executada no Paraguai chega ao Brasil

Milena namorada Jacques, homem forte do narcotraficante Javis Pavão (Reprodução/Facebook)

Foi entregue às autoridades brasileiras no fim da tarde de ontem (04), o corpo da douradense Milena Soares Bandeira, de 26 anos, morta junto com o namorado, Pablo Jacques, de 41, em um atentado na capital paraguaia Assunção na tarde de segunda-feira (2). O crime ocorreu no bairro Republica.

Conforme o Porã News, o corpo foi levada de Assunção até Pedro Juan Caballero, na fronteira com o Brasil, pela Polícia Nacional do Paraguai e de lá, entregue à Polícia Civil de Ponta Porã.

De Ponta Porã, ele foi trazida para Dourados.

Equipes do DOF (Departamento de Operações de Fronteira) fizeram o transporte. A irmã dela, que prestou depoimento ontem à Justiça do país vizinho também acompanhou o corpo na viagem de retorno até o Brasil.

Ela estava com Milena no momento do atentado, mas conseguiu escapar. O veículo onde estava o casal e a irmã dela, uma caminhonete Toyota Hilux, foi alvejado 30 vezes por pistoleiros. A douradense morreu com um tiro que atingiu a sua cabeça, segundo o jornal paraguaio ABC Color. Já o rapaz recebeu 30 disparos.

Ainda conforme o jornal paraguaio, Pablo era homem de confiança do narcotraficante Jarvis Pavão, apontado como principal responsável pela morte de Jorge Rafaat, em junho do ano passado na cidade de Pedro Juan Caballero. A advogada de Pavão, Laura Casuso, acredita que o crime seja uma mensagem para seu cliente que está preso em Assunção.

Com informações Dourados News.

Comentários