Copa: Brasil sofre virada da Austrália, após dois gols com um de reestreia de Marta

Lúcio Borges com Gazeta Esportiva

Marta fez a sua estreia na Copa do Mundo Feminina 2019 (Pascal GUYOT/AFP)

A segunda rodada da Copa do Mundo Feminina, começou com jogo muito bem ao Brasil, que entrou em campo contra a Austrália, contando com Marta, a nossa maior estrela e melhor jogadora do mundo, por seis vezes. Mas, de virada, a seleção caiu, saindo derrotada por 3 a 2. O jogo contou com a volta de Marta, que já deixou o seu gol na primeira etapa, e viu ainda outro de Cristiane. As australianas começaram seus gols nos acréscimos do fim do primeiro tempo, quando também balançou a rede brasileira.

A seleção brasileira, que estava muito bem, foi para o intervalo e voltou receosa, onde piorou e sentiu o nervosismo no segundo tempo, onde levou a virada e mais dois gols do time australiano. Com o resultado, o grupo C ficou empatado, onde o Brasil ficou estacionado nos três pontos, junto com a própria Austrália, que perdeu para a Itália. Mas, as italianas ainda jogam na rodada e podem sair líder ante jogo com a Jamaica que é a lanterna com nenhum ponto somado.

O time da Itália joga manhã, também pelo Grupo C, com as Jamaicanas, quando entram em campo às 13 horas (Brasília). Na próxima rodada, que acontece na terça-feira (18), o Brasil decide a vaga contra as italianas, às 16 horas. No mesmo horário, a Austrália encara as jamaicanas.

Os gols

O primeiro tempo teve a Austrália tomando as ações do jogo, mas quem saiu na frente foi o Brasil. Aos 27 minutos,  Marta abriu o placar de pênalti, e Cristiane ampliou de cabeça aos 38. No apagar das luzes, aos 46’30, a Austrália ainda conseguiu diminuir com Foord. Placar de 2×1 no primeiro tempo.

Já na segunda etapa, as atletas brasileiras foram tomadas pelo nervosismo e não conseguiram segurar a pressão adversária. Por outro lado, as australianas conseguiram transformar a superioridade ofensiva em gols. Logarzo marcou o gol de empate, logo aos 12, e a zagueira Mônica fez contra aos 23 minutos para virar e levar assim o jogo até ao fim.

O jogo

A partida teve somada, principalmente no segundo tempo, a maior posse de bola das adversárias, ms quem abriu o placar foi o Brasil, de pênalti. A lateral direita Letícia Santos apareceu pelo meio e foi derrubada dentro da área. Na cobrança, Marta deslocou a goleira e marcou o seu primeiro no mundial.

A Austrália voltou a pressionar, mas quem balançou as redes mais uma vez foi a Seleção Brasileira. Tamires fez uma linda jogada pelo lado esquerdo e enfiou em profundidade para Debinha. A camisa 9 cruzou com perfeição para Cristiane, que subiu de cabeça para ampliar o marcador.

Já nos acréscimos, a zaga do Brasil vacilou e a Austrália diminuiu. Yallop fez o cruzamento pela esquerda, Logarzo deu uma casquinha de cabeça e Foord entrou completamente livre empurrando para o fundo do gol.

Na volta do intervalo, a Austrália seguiu em cima e não demorou para igualar o placar. Logarzo, aos 12, recebeu pelo lado direito e fez o cruzamento em direção ao gol. A bola passou por todas as jogadoras e morreu dentro da meta brasileira.

O Brasil tentava a resposta, mas a Austrália chegou à virada aos 23 minutos. Mônica tentou cortar o lançamento, mas desviou de cabeça e a bola entrou no cantinho, enganando a goleira Bárbara. A arbitragem ainda checou o lance, pois a atacante Kerr estava em posição irregular, porém interpretou que a australiana não teve participação direta na jogada.

O Brasil até tentou chegar com perigo atrás do gol de empate, mas o nervosismo atrapalhava a equipe de Vadão. Sem conseguir finalizar com precisão, as brasileiras não foram efetivas nas chegadas ao ataque e a partida terminou mesmo em 3 a 2.

Comentários