Coordenador de campanha do pai, Odilon Jr. visitou Puccinelli na cadeia antes de MDB anunciar aliança

MF

O filho e coordenador de campanha do candidato ao governo de Mato Grosso do Sul, Juiz Odilon (PDT), Odilon de Oliveira Júnior, vereador em Campo Grande pelo mesmo partido, foi até o Centro de Triagem de Campo Grande, no início da última semana, para conversar com o ex-governador André Puccineli, uma das principais lideranças do MDB no estado. A informação foi publicada pelo jornal Correio do Estado.

Após as tratativas realizadas na visita, o MDB de André Puccinelli anunciou apoio à candidatura pedetista ao Executivo Estadual, no dia 10 de outubro. De acordo com a publicação, Odilon Júnior visitou André Puccinelli acompanhado do advogado Luiz Pedro Gomes Guimarães, nome que aparece nas denúncias da Operação Coffe Break, na investigação de compra de voto favoráveis dos vereadores da Capital para cassação do ex-prefeito Alcides Bernal, em 2014.

Trecho da Ata obtida pelo Correio do Estado, em que consta a entra de Odilon Júnior no Centro de Triagem (Reprodução: Correio do Estado)

 

O noticiário informa ainda que Odilon Júnior e Luiz Pedro chegaram no Centro de Triagem às 11h37, identificaram-se como advogados, com os respectivos registros na Ordem dos Advogados do Brasil escritos em ata e solicitaram falar com André Puccinelli. Não consta no registro o horário que Odilon Júnior deixou o presídio, no entanto, existem duas saídas de Luiz Pedro Guimarães às 11h54min e às 11h55min.

Comentários